Governo quer concluir votação do ajuste para iniciar agenda positiva

Marcelo Camargo/ABr
  • Save

Ministro da Secom, Edinho Silva.

O ministro da Secretaria de Comunicação Social, Edinho Silva, disse que, após a aprovação das medidas do ajuste fiscal no Congresso, o governo espera colocar em prática a agenda positiva, com anúncios de investimentos em infraestrutura e em programas como o Minha Casa, Minha Vida. Os planos do governo ainda dependem da aprovação do projeto que reduz as desonerações da folha de pagamento para 56 setores da economia. “Esperamos que haja consenso e que efetivamente o objetivo maior do projeto seja alcançado”, avaliou, após reunião de coordenação política com a presidenta Dilma Rousseff e mais oito ministros.
“Esse projeto é uma parte fundamental para que possamos fechar o ciclo de medidas tomadas para que possamos criar as condições para retomada do crescimento da economia”, acrescentou o ministro. O primeiro item da agenda positiva será o lançamento do Plano Safra 2015/2016, marcado para hoje (2). Edinho não adiantou valores, mas disse que o montante não será menor que o disponibilizado para a safra 2014/2015. “O empenho do governo é para que a gente tenha condições criadas para que a agricultura brasileira possa ter um bom desempenho e puxar economicamente toda a cadeia produtiva.”
Em junho, o governo também deve anunciar o Plano Safra da Agricultura Familiar e, até o segundo semestre, também há previsão de anúncio da nova etapa do Programa Minha Casa, Minha Vida.
Sobre a retração do PIB, o ministro disse que o resultado está “dentro da normalidade” e que era esperado. “O governo não está pessimista. Temos certeza de que, a partir das medidas tomadas, do ajuste feito, o segundo semestre já é um semestre onde as condições serão criadas para que Brasil retome o crescimento” (ABr).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0 Shares
Share via
Copy link
Powered by Social Snap