Product Design? 4 dicas para entender e entrar na área

A transformação digital no Brasil e no mundo impulsionou a demanda por produtos digitais e, consequentemente, a procura por profissionais capacitados em tal segmento também cresceu. Uma das carreiras em ascensão é a de Product Design.

“Não é à toa que a profissão é considerada uma das carreiras do futuro”, comenta Andréia Girardini, Diretora de Pessoas & Cultura do GetNinjas, maior aplicativo para contratação de serviços do país. “Isso porque tais profissionais impulsionam a eficiência do produto, agregam no mindset de inovação e no branding do negócio”.

A crescente popularidade da profissão gera tanto interesse quanto dúvidas àqueles que pensam em pivotar a carreira ou iniciar uma. Para sanar algumas questões e elucidar o que é e o que faz um profissional de Product Design, confira a lista abaixo:

  • 1. O que um Product Design faz – A premissa básica que norteia o trabalho do Product Design é a criação da experiência do usuário da melhor forma possível. A partir daí, o designer dita como será o uso de produtos e serviços da empresa. Sendo assim, a atuação de tal profissional é voltada para a visão, elaboração e concepção do produto em si.

Na prática, o colaborador atua em conjunto com o Product Manager ou o Product Owner no desenvolvimento e no entendimento de projetos e é um cargo que pode ser atribuído a profissionais de UX Design e UI Design.

  • 2. Foco no usuário, mas no negócio também – Ao esmiuçar os bastidores dos produtos digitais, encontra-se uma tríade composta da seguinte forma: experiência do cliente, desenvolvimento e negócios. Tendo isso em mente, o produto final precisa estar na interseção de tal tripé, pois é necessário facilitar e humanizar o produto, sem abrir mão das métricas de negócio. Por isso, uma visão sistêmica 360º é fundamental para o dia a dia de Product Designer.
  • 3. Capacitação profissional – A área de Product Design é democrática; no dia a dia, é possível trabalhar com pessoas que já foram engenheiros, psicólogos e publicitários, por exemplo. Sendo assim, não há uma trajetória acadêmica rígida para quem almeja ingressar na área.

O melhor caminho para os aspirantes são meetups e cursos específicos para a área, principalmente os gratuitos. Contudo é importante tomar cuidado com ofertas imediatistas com slogans como “Vire UX Design em seis meses”, pois Product Design é uma carreira que requer uma visão ampla e muito estudo.

  • 4. Soft Skills – Assim como em outras profissões do universo dos produtos digitais, habilidades como uma boa comunicação, visão 360º do produto, capacidade de resolutividade, protagonismo, empatia e curiosidade são essenciais para os designers. – Fonte e mais informações: (https://www.getninjas.com.br/).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

0 Shares
Share via
Copy link
Powered by Social Snap