Amazon entra no mercado de beleza

Vivaldo José Breternitz (*)

A Amazon não cansa de surpreender: acaba de abrir em Londres um salão para corte e cuidados dos cabelos, o Amazon Salon, onde estará disponível, dentre outras coisas, um aplicativo de realidade aumentada que permite que os clientes vejam como ficariam com diferentes estilos e cores de cabelo, antes que decidam mudar. Os clientes serão atendidos por profissionais do famoso Neville Hair & Beauty Salon, que tem atuado no Paris Fashion Week e no festival de cinema de Cannes.

Ao contrário de sua rede de supermercados sem caixas, a Amazon Go, que chegou a Londres há algumas semanas, o Amazon Salon não parece ser a ponta de lança para a entrada em um novo ramo de atividade; a empresa disse que esse será um local para experimentação de novas tecnologias, não havendo planos para a abertura de outros salões.

Com o Salon, a Amazon parece sinalizar seu interesse pelos setores de moda e beleza em geral, nos quais a empresa enfrenta redes de lojas especializadas, como a Amorepacific, um conglomerado sul-coreano que já utiliza tecnologia similar à que o Amazon Salon utilizará.

A chegada do Amazon Salon a Londres vem logo em seguida ao lançamento da Amazon Professional Beauty Store no Reino Unido, uma loja online que vende no atacado mais de dez mil diferentes produtos para cuidados pessoais e beleza. A Amazon, com 1,2 milhões de empregados, é uma gigante que segue crescendo, tornando-se cada vez mais uma ameaça aos nossos varejistas.

(*) – Doutor em Ciências pela USP, é professor da Faculdade de Computação e Informática da Universidade Presbiteriana Mackenzie.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0 Shares
Share via
Copy link
Powered by Social Snap