Itens que não podem faltar na mochila de um nômade digital

Os trabalhos remotos e híbridos deixaram de ser um benefício que algumas empresas ofereciam a seus funcionários para passar a ser uma condição de permanência e relevância no mercado. Mesmo antes da pandemia, companhias permitiram regimes de alternância de presença entre casas e escritórios como forma de manter a qualidade de vida dos colaboradores, durante os cinco dias da semana.
 
Mas a pandemia nos mostrou que o home office não só é possível de ser feito como também, se executado da maneira correta pode acarretar a níveis ainda maiores de rendimento e entregas para aqueles que se prepararem direito. Neste sentido, os nativos digitais – geração de profissionais jovens que já nasceram na era digital – têm uma enorme vantagem: O fato de já conhecerem e estarem acostumados com a ferramentas, recursos e rotinas que garantem que entregas profissionais podem ser feitas na mesa do escritório ou na espreguiçadeira da piscina de uma bela pousada.
 
Com a chegada do inverno, listamos abaixo alguns itens que não devem faltar no seu kit de trabalho remoto, caso deseje passar o mês que vem em alguma praia ou montanha e desempenhar suas tarefas em literalmente qualquer local do mundo.
 
Webcam HD – Para a nossa sorte as câmeras digitais evoluíram muito: melhoraram suas resoluções de imagem e áudio e diminuíram de tamanho. Nas videoconferências uma imagem clara e definida te ajuda nas apresentações e permite clareza não apenas em sua expressão corporal, mas também na sua voz. Hoje já é possível usar também as lentes de seu celular, tablets ou até mesmo câmeras super portáteis esportivas como interface de imagens nas reuniões. Para melhorar ainda mais sua imagem na tela vale a pena investir em um tripé de iluminação também.
 
Cabo Ethernet – Pode parecer antiquado, mas o bom e velho cabo de ethernet garante a sua presença de maneira estável nas reuniões online, em especial em ambientes com sinal fraco de wi-fi. Um cabeamento não muito longo pode ser conectado diretamente ao roteador de onde quer que você esteja e te garante uma navegação sólida para suas demandas do dia a dia.
 
Um bom Power Bank – Esqueça dos power banks vendidos nas lojas de muamba dos centro urbanos. Faça um favor a si mesmo e garanta um kit profissional que não te deixe na mão. Alguns modelos oferecem inclusive lanterna e espaço para armazenamento de arquivos e conseguem fornecer muitas horas de alimentação para seu computador. Ter bateria de sobra não é apenas estratégico. É uma vantagem que pode significar a diferença entre o sucesso ou o fracasso na sua próxima aventura off the grid.
 
Espaço na nuvem – O armazenamento em nuvem é mais seguro, conveniente e barato do que o feito em mídias físicas (e ainda tem o benefício de não ocupar espaço na sua mochila). Faça uma conta em algum serviço de cloud e garanta a integridade dos seus arquivos. Desta forma você garante a circulação dos seus trabalhos e faz com que suas planilhas e apresentações sejam compartilhados com seus colegas de maneira rápida e universal, sem a necessidade de anexos ou uploads pesados.
 
Proteção para seus ouvidos – Sejam fones de ouvidos com recursos de noise canceling (cancelamento de ruídos) ou protetores auriculares convencionais, ter a opção de ficar alheio aos sons externos pode ser decisivo em situações que demandam concentração e foco. Além disso, nas rotinas de reuniões virtuais o cancelamento inteligente de ruídos pode ser ativado, isolando virtualmente distrações para que você e os outros participantes sejam privados de ruídos como o de latidos, carros ou crianças.

Tenha uma mochila impermeável – Esta última dica pode parecer menos convencional, mas ela faz muito sentido para quem ama a estrada. A forma com que você carrega seus equipamentos vai determinar sim, quanto tempo de vida suas ferramentas terão. Mochilas profissionais de aventuras evitam que seus equipamentos tomem chuva, neve e umidade. Seja na garoa da Inglaterra ou na maresia do Havaí, um equipamento bem protegido vai durar mais e te levar mais longe no seu próximo beach office.

(Fonte: Nicolas Andrade é Diretor de Relações Governamentais do Zoom na América Latina e na Espanha).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

0 Shares
Share via
Copy link
Powered by Social Snap