58 views 5 mins

ESG: como a IA auxilia a conquista da certificação Empresa B

em Tecnologia
quarta-feira, 10 de julho de 2024

A Certificação Empresa B é um selo concedido a empresas que atendem rigorosos critérios de desempenho social e ambiental, transparência e responsabilidade corporativa. Surgiu nos Estados Unidos, em 2007, fundada pela B Lab, uma organização sem fins lucrativos. No mundo, existem cerca de 4.300 empresas B Corp, em 77 países, segundo a companhia. 
 
Esse atestado é internacionalmente reconhecido e visa incentivar empresas a equilibrarem lucro com propósito social e ambiental. Através de uma avaliação abrangente, as organizações são classificadas de acordo com seu impacto positivo na sociedade e no meio ambiente. Vai além de um simples reconhecimento pelo compromisso com a responsabilidade social e ambiental. É a chave para atrair investidores que valorizam iniciativas ESG, sendo um diferencial marcante no mercado.  
 
Como obter a certificação B? 
Para conquistar a Certificação as empresas devem passar por uma rigorosa avaliação conduzida pela B Lab. Essa avaliação abrange critérios como impacto socioambiental positivo, transparência, responsabilidade legal, equidade e desempenho financeiro. O processo começa com a conclusão da Avaliação de Impacto B (BIA), onde a empresa deve alcançar no mínimo 80 pontos de 200.  
 
Após análise de elegibilidade, se a companhia atender aos requisitos, pode se tornar uma Certified B Corp mediante pagamento de taxa anual e assinatura do compromisso com a B Lab. A inclusão das Cláusulas B no contrato social é também necessária, comprometendo-se a empresa considerar interesses além dos financeiros.  

IA como aliada no processo 
Com a crescente integração da inteligência artificial nas operações empresariais, essa tecnologia se tornou uma aliada valiosa na busca pelo reconhecimento. Ao utilizar algoritmos modernos, as organizações podem aprimorar seus processos, reduzir desperdícios e tomar decisões mais conscientes. 
 
Essa abordagem inovadora pode ser implementada, por exemplo, por meio da análise de informações operacionais, financeiras, sociais e ambientais. Assim, é possível identificar áreas de melhoria e oportunidades para atender aos requisitos rumo à certificação. A tecnologia também permite monitorar continuamente o desempenho da empresa em relação aos parâmetros da B Lab, fornecendo feedback em tempo real e alertando sobre áreas que exigem atenção.

Utilizando técnicas de modelagem preditiva, as companhias podem ainda antecipar o impacto de diferentes ações e estratégias nas métricas de desempenho relevantes para a obtenção da certificação. 
 
A inteligência artificial tem a capacidade de automatizar tarefas diárias, como a coleta de dados, a elaboração de relatórios e o cumprimento de regulamentações, proporcionando aos colaboradores mais tempo para se dedicarem a iniciativas que promovem a sustentabilidade e favorecem o cenário social. Além disso, é possível personalizar ações para atender às condições específicas do reconhecimento. 

Relação com o ESG 
Tanto o conceito de selo B quanto o ESG buscam avaliar e promover o desempenho em áreas-chave, visando gerar valor em longo prazo para todas as partes envolvidas. Essas iniciativas refletem um compromisso não apenas com o sucesso financeiro, mas também com o impacto positivo no meio ambiente, na sociedade e na governança corporativa, fundamentais para o avanço sustentável das empresas em um contexto global.  
 
Nesse sentido, a integração da IA no processo de obtenção do selo B representa um avanço significativo na jornada das empresas em direção à sustentabilidade. Ao adotar essa abordagem inovadora, as organizações podem não apenas alcançar o reconhecimento desejado, mas também fortalecer a construção de um futuro equitativo e ecologicamente correto, reforçando sua posição no mercado e atraindo mais investidores.  
 
A IA desempenha um papel crucial nesse processo, permitindo uma análise mais detalhada dos dados relacionados ao desempenho ambiental, social e de governança. Ao fornecer insights valiosos e identificar áreas de melhoria, a tecnologia capacita empresas a tomar decisões mais informadas e eficazes, impulsionando assim sua jornada em direção à sustentabilidade e ao sucesso em longo prazo. 
 
(Fonte: Leo Senger, Especialista em commodities da 4intelligence, empresa especialista na tomada de decisão para negócios através de dados, inteligência artificial e planejamento integrado. – [email protected]).