Dia dos Pais: como alavancar as vendas via marketplace

É a quarta data mais esperada pelos lojistas – afinal, ninguém quer deixar seu pai sem um “mimo especial” nesse dia. Com isso, é necessário preparar as vendas para o período. Segundo a pesquisa recente da Shopee, realizada com 1.200 compradores do aplicativo, haverá um aumento de 20% sobre o valor gasto pelos consumidores nesse Dia dos Pais, e 68% dos participantes têm o costume de comprar online em datas comemorativas.

Com a pandemia, nos anos anteriores a maioria dos clientes recorreu ao digital, e houve um grande crescimento nas vendas pela internet. Atualmente, mesmo com o comércio físico em pleno funcionamento, muitos consumidores ainda preferem adquirir seus produtos pela internet e via marketplaces em bandeiras conhecidas como Americanas, Magalu e Mercado Livre.

“O comprador opta pelo online, pois além da comodidade, conseguem obter descontos exclusivos e evitam as aglomerações nas lojas físicas”, avalia Rodrigo Garcia, diretor executivo da Petina Soluções em Negócios Digitais – startup de performance de marketplaces nacionais e internacionais. Alerta que os comerciantes têm que se planejar para a data com antecedência.

“É preciso haver uma gestão eficiente, para que não ocorra problemas nas vendas nestes períodos de fluxo mais intenso, como o Dia dos Pais”, recomenda, ao listar algumas apostas “certeiras” para a data:

1- Promoções especiais – É importante já entrar no mês de agosto com descontos promocionais, pois muitos consumidores esperam o Dia dos Pais se aproximar para garantir um preço mais baixo que no mês de julho. Já começar o mês dos pais com diversos descontos chama a atenção dos compradores para adquirirem mais rápido os produtos, e garantirem o presente da data, que já está bem próxima;

2- Itens com entregas rápidas – É necessário que a distribuição dos produtos seja rápida para não haver atrasos nas entregas. Colocar as mercadorias no fullfilment traz uma melhor experiência para o cliente, do ponto de vista do comprador. Do lado do vendedor, é preciso garantir maior agilidade na distribuição de produtos e em cada etapa da logística.

3 – Produtos “cobiçados” – Em toda data especial existem os produtos “queridinhos”. São itens que têm maior tendência de procura naquele período, e o que chama a atenção do cliente pode ser a qualidade ou o preço, por exemplo.

Segundo a pesquisa recente do Mercado Livre, os calçados são um dos itens mais procurados – com cerca de 1.500 buscas por minuto -, garrafas térmicas e Copo Stanley são palavras chaves que tiveram um aumento nesse período. Na categoria bebidas, os produtos com maior faturamento são whisky, com alta de 51% e a cerveja, com 40%.

4 – Kits de presentes – Investir em kits com lembranças para a data, que podem ser personalizadas, é uma boa opção. Nesse tipo de produto podem ser incluídas algumas mercadorias que provavelmente seriam compradas juntas se vendidas de forma unitária, mas que têm apelo para o consumidor por estarem com uma montagem especial.

Procure mostrar as vantagens do combo que está oferecendo, quais os diferenciais dos itens que os compõem, e que com certeza os pais de muitos consumidores precisam, e qual a vantagem financeira de comprar aquele kit. – Fonte e outras informações, acesse (https://petina.com.br/).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

0 Shares
Share via
Copy link
Powered by Social Snap