Temer: governo não ficará paralisado com período eleitoral

Antonio Cruz/ABr
  • Save

Temer defendeu a necessidade de uma simplificação tributária no país.

Falando, ontem (3), a representantes do setor da indústria, o presidente Temer defendeu a necessidade de uma simplificação tributária no país. Disse que essa simplificação deve ser feita sem aumento de tributação o que é “inadmissível hoje no nosso sistema”. Temer citou o tema após a reforma tributária ser defendida em discurso pelo presidente da CNI, Robson Andrade. Na avaliação de Temer o termo “reforma tributária” parece ganhar uma conotação preconceituosa, por isso ele defende fazer uma grande “simplificação tributária”.
Disse que não terá tempo para fazer todas as mudanças necessárias, como a simplificação tributária, mas afirmou que o governo não ficará paralisado no restante de seu mandato com a proximidade do período eleitoral. “Vamos fazer uma grande simplificação e nela seguramente impedir qualquer aumento de tributação. Não terei tempo para tudo isso especialmente porque hoje estamos entrando num período eleitoral, mas não significa que o governo ficará paralisado. Vamos continuar fazendo. Temos vários planos”, disse ao discursar no 11° Encontro Nacional da Indústria.
A Reforma da Previdência também foi abordada no discurso e Temer mais uma vez afirmou que ela saiu da pauta legislativa, mas está na pauta política do país. Para ele, o próximo presidente do Brasil terá que reformar a previdência, embora o tema seja “controvertido” e mereça “amplo debate”.
Na abertura do evento, o presidente da CNI, Robson Braga de Andrade, afirmou que o país enfrenta novos e velhos desafios, ainda do século 20. “Continuamos com sistema tributário anacrônico e ineficiente, infraestrutura precária, educação de baixa qualidade, financiamento caro”. E que se o Brasil seguisse o padrão mundial de tributação, não seriam necessários regimes especiais. Além de equilibrar as contas públicas, com a reforma da Previdência, Andrade disse que o país precisa reformar a tributação no país (ABr).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0 Shares
Share via
Copy link
Powered by Social Snap