Tecnologia 24/11/2016

Principais dúvidas sobre manutenção de smartphones

Especialista garante que o celular é consertado depois de ser molhado em 70% dos casos

limpeza-disco temprario
  • Save

Muitas são as dúvidas dos consumidores na hora de comprar um celular, trocar ou até mesmo consertar quando o mesmo apresenta algum problema.
Felipe Marchese, CEO da Conserta Smart, maior rede de assistência técnica do Brasil, com mais de 200 unidades pelo país, enumera sete dúvidas comuns e explica cada uma delas.

1) Se eu deixar meu aparelho para a manutenção, vou perder meus dados?
Não. Na maioria dos casos, como trocas de display, telas, baterias e botões, os dados não são perdidos. Mas o ideal é que o usuário sempre tenha um backup dos dados, ou na nuvem, do celular ativo. Geralmente apenas nas manutenções de problemas com software do aparelho é que os dados não são salvos.

2) Se meu aparelho molhar, tem chances de conserto?
Sim. Em 70% dos casos, o processo de desoxidação tem sucesso e o aparelho volta a funcionar normalmente. Quanto mais rápido o usuário levar o celular na assistência após molhar, mais chances ele terá de ser salvo.

3) Quando minha tela quebra, dá para trocar só o vidro ou precisa ser o display completo?
Isso varia de acordo com o modelo. Existem tipos de celulares que a substituição consiste apenas no touchscreen (a primeira camada da tela) e, nesses casos, o conserto é mais barato, pois não é trocado o LCD responsável pela imagem. Já em outros aparelhos, o touchscreen e o LCD formam uma peça só e o conserto pode ter um valor um pouco maior.

4) Carregador não original pode dar problema no meu celular?
Sempre orientamos o uso de carregadores originais ou acessórios paralelos de boa qualidade homologados pelo fabricante. Já os produtos falsificados costumam apresentar muitos problemas e podem inclusive danificar o aparelho.

5) Existe a possibilidade de desbloquear um aparelho celular?
Caso o cliente tenha esquecido a senha de acesso do aparelho, existe a possibilidade de formatação (apagar todos os dados) e inserir uma nova senha. Já os bloqueios contra furto e roubo, como iCloud ou IMEI, não são possíveis de serem realizados sem a nota fiscal.

6) Vale a pena consertar um aparelho antigo?
Sim. Como o aparelho sofre depreciação, as peças também caem de valor. Geralmente um conserto de celular antigo equivale a 30% do seu valor total.

7) Existe algum risco de tentar consertar um aparelho em casa?
Sim. Em primeiro lugar, o ambiente não é preparado para a atividade. Eletricidade estática, por exemplo, pode danificar a placa lógica do aparelho e não obter mais conserto. Além disso, 80% dos consertos amadores acabam trazendo problemas em outros componentes do celular devido a falta de ferramentas e manuseio adequado.

Positivo aposta em notebook híbrido com tela sensível ao toque de 11,6” e caneta capacitiva

Positivo Duo02 temprario
  • Save

A Positivo amplia sua linha de computadores híbridos e versáteis, lançada em meados de 2014, com o modelo Positivo Duo ZR3630, que oferece excelente relação custo-benefício no varejo brasileiro. A novidade traz entre seus principais diferenciais tela touch de 11,6”, com suporte para até 10 toques simultâneos, e conversível em 360°, o que permite ótima experiência para entretenimento e navegação nas mídias digitais. Adicionalmente, o produto vem com caneta capacitiva que melhora ainda mais a experiência de uso.

A novidade chega ao mercado para atender usuários que buscam mobilidade atrelada à conveniência de um teclado para digitação. “O mercado de notebooks híbridos é um nicho que oferece grande espaço para exploramos as possibilidades deste produto, que alia versatilidade e mobilidade ao consumidor. Para o próximo ano, segundo a consultoria da IDC, a previsão é de que sejam comercializadas cerca de 300 mil unidades deste tipo de dispositivo, por isso a Positivo reforça sua aposta neste segmento com o lançamento do Duo ZR3630”, declara Maurício Roorda, vice-presidente de Marketing, Produtos e Negócios Digitais da Positivo.

O Duo ZR3630 apresenta design atraente e ótima performance, com sua configuração com sistema operacional Windows 10, plataforma Intel Dual-Core, 32GB de armazenamento e 4GB de RAM, o que garante desempenho superior ao apresentado nos modelos anteriores, além de conectividade Bluetooth 4.0, duas portas USB 3.0 – que transferem até 5GB de dados por segundo – e dispositivo de segurança trava Kensington (www.positivoinformatica.com.br).

Dicas para comprar online com segurança durante a Black Friday

compras online-e1412194674947 2222 temprario
  • Save

Serasa Experian preparou 5 dicas para os consumidores se prepararem para a Black Friday, que acontece nesta sexta-feira, 25 de novembro, aproveitarem as ofertas online sem risco de sofrer fraude. De acordo com os especialistas, precauções simples podem evitar que dados bancários e/ou pessoais sejam roubados online durante o período em que as lojas oferecem descontos atrativos.

Segundo o último indicador Serasa Experian de Tentativas de Fraude, referente ao mês de agosto, o mês registrou 5,1 mil tentativas de fraude por dia, nas quais os dados pessoais são usados por criminosos para firmar negócios sob falsidade ideológica ou obter crédito com a intenção de não honrar os pagamentos. No total, foram 158.563 tentativas, número é 6,6% superior ao apresentado em julho. Proteja seus dados com as dicas abaixo:

Confira as dicas abaixo:
1. Veja se o site é seguro: antes de inserir seus dados ou efetuar uma compra, verifique se o site possui um certificado de segurança, que criptografa os dados enviados para o servidor. Para garantir que a página visitada usa este sistema, é só observar o endereço na caixa de texto: os endereços protegidos iniciam com https. Em alguns casos, a barra de navegação fica verde.

2. Verifique se seu computador está protegido: faça uma avaliação online para constatar se o seu PC é uma porta de entrada para possíveis roubos de dados. Os especialistas da Serasa desenvolveram um teste fácil e rápido, basta clicar neste link e responder as questões.

3. Atenção com e-mails: nessa época do ano é comum receber mensagens que pedem para clicar em uma oferta de produto com valor abaixo do mercado. No entanto, pode ser uma tentativa de roubo de dados para serem utilizados em fraudes de identidade. Na dúvida, entre direto na loja virtual e verifique se o site é seguro, conforme a dica 1.

4. Cuidado ao se conectar: seja via smartphone, tablet ou notebook, cuidado ao se conectar a uma rede wi-fi aberta. Evitar realizar qualquer tipo de transação financeira utilizando computadores conectados em redes públicas de Internet.

5. Sempre faça log off: ao usar computadores compartilhados, verifique se fez o log off das suas contas (email, internet banking, etc.) para evitar que seus dados sejam acessados por terceiros.

Defina metas que consiga cumprir de verdade

Para o empreendedor digital Bruno Picinini, os objetivos propostos pelos empreendedores precisam ser mais específicos, com grau de veracidade forte o suficiente para ficar na memória dia após dia

Com a aproximação do fim do ano, as pessoas começam a traçar metas para serem alcançadas em curto ou médio prazo. Alguns desejam perder os quilos a mais, outros almejam encontrar a alma gêmea, e há aqueles que sonham em ganhar seu primeiro milhão. Não obstante, algo misterioso costuma ocorrer algum tempo depois do objetivo traçado: as pessoas simplesmente esquecem ou postergam os propósitos a partir dos quais iriam guiar suas vidas durante determinado período. De acordo com o empreendedor digital e idealizador dos sites Empreendedor Digital e Férias Sem Fim, Bruno Picinini, isto ocorre por uma mistura de razões, tais como: falta de motivação, falta de disciplina e falta de persistência.
E o que acontece na vida cotidiana também acontece no mundo dos negócios, com empreendedores que se perdem no meio de suas metas (ou falta de metas) e não conseguem gerenciar de maneira correta seus negócios. Por isso, Picinini oferece uma valiosa dica para que o empreendedor consiga propor metas que realmente cumprirá: os objetivos precisam ser mais específicos. Segundo o idealizador dos sites Empreendedor Digital e Férias Sem Fim, muitas vezes os objetivos propostos pelos empreendedores são muito genéricos, não apresentando “grau de veracidade forte o suficiente para ficar em sua memória dia após dia”.
Em um negócio online, por exemplo, o empreendedor pode traçar o objetivo de ganhar R$ 10 mil reais por mês com a venda de seus produtos pela internet. Trata-se de uma meta clara, mas um tanto genérica, pois é preciso destrinchar melhor o negócio para saber se e como é possível obter esse ganho financeiro. Conforme Picinini, nesse caso, o empresário, após definir o valor do produto, precisa calcular quantas cópias devem ser vendidas para alcançar este valor por mês. Estabelecido o número mensal, computa-se o número diário, este sim, segundo o empreendedor digital, muito mais fácil de ser controlado. “Então, inicia-se com o valor da meta principal e regride-se até chegar a números que se consiga medir melhor para guiar os negócios”, explica.
Munido do número de vendas por dia, o empresário pode voltar ainda mais e definir, por exemplo, quantas pessoas precisam visitar o site todos os dias e quantos cliques diários é preciso obter para alcançar o número de vendas necessário para atingir a meta principal. “Você não vai ganhar R$ 10 mil em um passe de mágica, mas pode trabalhar nos números que vão gerar este valor por mês”, destaca o empreendedor digital, reiterando que vendas mensais e diárias, visitações e cliques são números muito mais específicos e tangíveis de se trabalhar e assim avaliar o objetivo primordial, que é o ganho financeiro.
Picinini alerta, porém, que talvez o empreendedor tenha que refazer/ajustar suas contas após uma primeira tentativa. Conforme o empreendedor digital, há uma tendência das pessoas em superestimar o quão boas elas são. “Geralmente os números vão a contrário do que esperamos”, diz. Neste sentido, o idealizador do site Férias Sem Fim recomenda que as pessoas “chutem” para baixo o que vão conseguir, sejam vendas, cliques ou visitações e, dessa maneira trabalhem para conseguir mais do que almejam. “Se você acha que sua conversão será de 1%, ‘chute’ 0,5%. Se você acha que precisa de 200 pessoas visitando o seu site, consiga 400”, aconselha Picinini.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0 Shares
Share via
Copy link
Powered by Social Snap