420 views 7 mins

Como os pais podem manter seus filhos seguros nas redes sociais

em Sem categoria
domingo, 12 de fevereiro de 2023

Stephen Kho (*)

Muitas famílias brasileiras estão em plataformas de redes sociais conhecidas como Facebook, Instagram, Snapchat e TikTok, mas a plataforma de comunicação e streaming Discord parece ter sido deixada de lado e muitos possuem conhecimento limitado da plataforma.

É importante que os pais estejam cientes das plataformas, pelas quais as crianças estão se interessando, para que possam entender as medidas de segurança necessárias para manter as suas famílias seguras no ambiente online. Então, o que é o Discord?

Discord é uma plataforma de comunicação para dispositivos móveis ou PC, que foi originalmente usada por jogadores que queriam bater papo, enquanto jogavam videogames em diferentes locais físicos. Mas a plataforma se expandiu nos últimos anos, para incluir comunidades que atendem a uma variedade de tópicos. Os usuários podem se comunicar no Discord por voz, vídeo ou texto, e também através dele realizar atividades em grupo: como jogar videogame ou assistir a filmes.

O Discord é organizado por “servidores”, que são criados por usuários, alguns dos quais exigem um convite para entrar e outros são públicos. Um servidor será dedicado a um tópico principal e também terá “canais” categorizados para sub conversas específicas sobre o mesmo tópico. Qualquer um pode configurar um servidor Discord e decidir as regras desse espaço em particular.

Para as crianças e os adolescentes, o Discord oferece um lugar para fazer o que eles mais gostam: passar um tempo com os seus amigos. O Discord tornou-se especialmente popular desde o início da pandemia, permitindo que as crianças e os adolescentes “saíssem” sem o risco de exposição ao vírus. Além disso, não é tão “mainstream” quanto as outras redes sociais e provavelmente está fora do radar dos pais, que podem estar monitorando outras plataformas.

Quais são os perigos potenciais do Discord. Além de ser um espaço para gamers, conversas e experiências divertidas para crianças, infelizmente também tem abrigado muita controvérsia em torno das questões de segurança. Desde que alguns “servidores” são públicos, houveram casos em que os menores entraram em contato com os adultos, que os encontraram nesses “servidores” públicos e enviaram mensagens privadas, pois as funções de mensagens privadas muitas vezes não são reguladas.

Esses adultos pediram para os menores conteúdo explícito impróprio e, às vezes, até pediram aos menores coisas como o endereço residencial da sua família. A idade mínima para estar no Discord é 13 anos, mas é definitivamente uma plataforma para todas as idades. Isso significa que alguns servidores incluem não apenas conversas de adultos, mas às vezes outros conteúdos somente para adultos.

Esses servidores são obrigados a ter um rótulo de restrição de idade, mas os adolescentes e as crianças geralmente são experientes o suficiente para contornar esses tipos de restrições, assim, é importante estar ciente sobre isso e conversar com os seus filhos.

Como falo com os meus filhos sobre segurança online no Discord?
Mantenha sempre a sua família segura, com estas dicas:

  1. Converse sobre as redes sociais. Isso significa que é hora de começar a conversar sobre o compartilhamento de informações confidenciais e os riscos de interagir com estranhos no universo online – mesmo que eles pensem que conhecem e confiam na pessoa com quem estão falando. Essas conversas podem ser estranhas, mas pense nisso como outra daquelas “conversas”, que o seu filho precisa para estar seguro no mundo.
  2. Fale sobre as senhas. Converse com os seus filhos sobre senhas fortes, redefinindo as senhas deles em todas as principais contas no início do ano letivo, especialmente. Você pode até transformar a atividade em um jogo, definindo regras simples sobre o que deve ser incluído nas senhas.
  3. Mantenha-se atualizado com os softwares de segurança mais recentes. É importante ter um antivírus que ofereça um serviço completo para tudo o que você precisa, para cuidar de todos os dispositivos da sua família, em um serviço premium e fácil de usar.

O Avast Premium Security, por exemplo, oferece recursos avançados de proteção de privacidade antivírus e anti rastreamento que impedem o malware, enquanto bloqueiam stalkers e anunciantes de seguir a atividade online da sua família.

  1. Fale sobre as suas experiências online com frequência. Faça um esforço para falar sobre as suas experiências e ajudar a educar os seus filhos sobre quais ameaças procurar, à medida que os cibercriminosos se tornam mais habilidosos e podem atacar os usuários de novas maneiras todos os dias.

Precisamos manter a conversa aberta e os seus filhos precisam saber que podem vir até você com quaisquer problemas que possam ter. Também pode valer a pena discutir as notícias ou os acontecimentos relevantes nessas plataformas para iniciar a conversa.

O mundo digital vem com as suas próprias oportunidades únicas e potenciais perigos. Mas, assim como em qualquer outro aspecto da vida, você, como pai, mãe ou responsável, possui as ferramentas para orientar suas crianças e seus adolescentes na direção certa.

Converse sobre as comunidades online, fale sempre sobre cidadania digital e mostre os canais mais produtivos. Você consegue!

(*) – É especialista em Segurança Cibernética da Avast (www.avast.com).