Leilão do pré-sal divididos entre Petrobras e entes da Federação

  • Save
Parte dos recursos será endereçada a estados e municípios. Foto: Marcus Maciel/Ag.Petrobras

Até 27 de dezembro, todos os entes da Federação vão receber recursos arrecadados com o megaleilão de campos do pré-sal, realizado no último dia 6. Foram arrecadados quase R$ 70 bilhões. A União ficará com R$ 24,3 bilhões e a Petrobras com
R$ 34 bilhões. O restante será distribuído para para os estados e municípios.

Para o senador Humberto Costa (PT-PE), todos os entes da Federação estão frustrados, já que receberão menos recursos que o anunciado. A previsão inicial era que o leilão arrecadaria mais de R$ 100 bilhões, mas apenas dois dos quatro campos em disputa foram arrematados. O senador classificou o megaleilão de “fracasso para o governo”.

O senador Elmano Férrer (Podemos-PI) não vê “grande decepção ou frustração”, pois estados e municípios receberão recursos significativos, o que, em sua avaliação, “já é um avanço”. Também o senador Confúcio Moura (MDB-RO) disse que o dinheiro é bem-vindo para os municípios e estados que, em sua maioria, estão precisando de recursos.

O senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) disse que o leilão foi um sucesso. “Dos quase R$ 70 bilhões arrecadados com a operação, o Rio de Janeiro vai ficar com R$ 1,1 bilhão. Essa é uma quantia importante, que não tira o Rio da situação precária em que se encontra, mas já representa um alívio. Esses recursos serão investidos em saúde, educação, segurança e no que realmente importa para os brasileiros”. Para o líder do governo no Senado, senador Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE), o leilão é um dos pontos positivos que marcam os 300 primeiros dias da gestão Bolsonaroa (Ag.Senado).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0 Shares
Share via
Copy link
Powered by Social Snap