Cora Coralina pode batizar homenagem a escritores

A poetisa e contista goiana Cora Coralina (1889-1985) pode batizar uma homenagem do Senado a escritores e escritoras de literatura e poesia. A Comissão de Educação aprovou ontem (3) o projeto que cria a Comenda Cora Coralina. A proposta, sugerida pela senadora Rose de Freitas (Podemos-ES), segue para análise da Comissão Diretora da Casa.

A comenda, acompanhada de diploma de menção honrosa, será concedida pelo Senado a três escritores brasileiros por ano. Qualquer senador poderá indicar candidatos, a serem avaliados pelo Conselho da Comenda Cora Coralina, que será composto por um representante de cada partido político com representação na Casa. Ao defender o projeto, Rose destacou seu desejo de reavivar a memória da poetisa.

O senador Izalci Lucas (PSDB-DF), relator do projeto, elogiou a iniciativa. Na análise do mérito, assinalou o destaque nacional conquistado pela poeta Cora Coralina desde que o também poeta Carlos Drummond de Andrade a apontou como ‘a joia rara de Goiás’. Cora Coralina é o pseudônimo utilizado pela talentosíssima escritora, contista e poetisa Anna Lins dos Guimarães Peixoto Bretas para publicar e assinar as suas obras (Ag.Senado).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0 Shares
Share via
Copy link
Powered by Social Snap