[email protected] 23/10/2018

Beneficência Portuguesa recebe prêmio 100+ Inovadoras no Uso de TI na categoria Saúde

@A BP – A Beneficência Portuguesa de São Paulo conquistou o primeiro lugar na categoria Saúde do prêmio 100+ Inovadoras no Uso de TI com o case sobre o uso da inteligência artificial para a identificação e classificação de informações registradas nos prontuários eletrônicos dos clientes. A instituição ficou em 14º lugar no ranking geral das 100 melhores empresas, que concorreram em 20 categorias. O prêmio é organizado pelo Grupo Mídia e a cerimônia de premiação ocorreu no Transamerica Expo Center na última quarta-feira (17). “A BP está e constante busca de iniciativas de inovação que possam agregar novas possibilidades ao nosso negócio. Com o uso da inteligência artificial, horizontes se abrem para a nossa instituição, trazendo novas soluções que promovem melhoria no atendimento prestado e ganho real para nossos clientes. A tecnologia tem contribuído para um ritmo bastante dinâmico na BP”, comenta Lílian Quintal Hoffmann, superintendente-executiva de Tecnologia da Informação da BP.

Tecnologia facilita reembolso e ajuda a combater fraudes em viagens corporativas

@Segundo pesquisa realizada pela Global Business Travel Association (GBTA) em 2016, o mercado de viagens corporativas movimentou cerca de US$ 1,3 trilhão. Apesar disso, chegar a uma política de viagens ideal ainda é um desafio para muitas empresas que investem em programas e soluções utilizando a tecnologia como aliada. Uma das maiores preocupações das empresas durante as viagens é o controle de gastos do colaborador, além de ter que mantê-lo dentro do orçamento, nenhum gestor quer lidar com gastos excessivos ou possíveis desvios que podem trazer prejuízos para a sua empresa. Segundo dados da consultoria Hands On Solution, empresas perdem cerca de 8% do seu faturamento em desvios cometidos por funcionários – e menos de 1% dessas organizações investem em ações de prevenção. Mesmo sendo uma situação delicada que compromete a confiança do profissional envolvido, o gestor precisa ter ciência de que esse é um risco e que existem formas de evitá-lo (www.vexpenses.com).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0 Shares
Share via
Copy link
Powered by Social Snap