Negócios em Pauta 29/12/2021

A – Italiano cria mural para ‘democratizar arte’

O artista italiano Andrea Ravo Mattoni reproduziu uma obra do pintor renascentista Moretto da Brescia, na faixada de um prédio de 13 andares, na empena de um prédio no Viaduto Mesquita Filho, na cidade de São Paulo. Feito com com spray de tinta, o mural “Conversão de São Paulo” representa a caída de São Paulo de seu cavalo, momento no qual se converteu ao cristianismo. A obra é uma parceria do Consulado Geral da Itália com a Prefeitura “para democratizar a cultura”, além de fazer parte de uma série de iniciativas feita pelo cônsul-geral da Itália no estado, Filippo La Rosa. O mural celebra também o 60º aniversário da geminação da cidade brasileira com Milão, onde a pintura original é mantida na igreja de Santa Maria. A concretização da pintura faz parte do projeto municipal “Museu de Arte de Rua”, que permite o acesso a grandes obras de arte (ANSA).

B – Qualificação para Jovens

Marketing Digital, Dados e Tecnologia e Desenvolvimento de Carreira. Essas são as áreas dos 26 cursos gratuitos disponíveis no Google Ateliê Digital para o aprimoramento de habilidades e o crescimento profissional de jovens e adolescentes aprendizes. São dezenas de horas de conteúdo e qualificação concebidos e oferecidos pela parceria entre o Cresça com o Google e o CIEE. Entre as capacitações disponíveis na plataforma, é possível acessar: Como falar em público, Networking eficiente, Fundamentos do marketing digital, Gerenciamento de Projetos com Ferramentas Digitais, Desenvolva seus negócios em outros Países, “Promova sua Empresa com Publicidade Online” e outros. Mais informações e inscrições: (https://learndigital.withgoogle.com/ateliedigital/courses?utm_medium=
atelie_ciee&utm_source=imprensa_ciee
).

C – Aceleração de Startups

Para fomentar e potencializar o surgimento de startups, a Sociedade de Propósito Específico, a Biosphere, atua como aceleradora no meio universitário. Já conta com parceria com duas instituições de ensino superior: a Universidade Municipal de São Caetano do Sul e a Universidade São Judas. A iniciativa objetiva proporcionar que as startups contribuam para um desenvolvimento mais acelerado da região para a retomada da economia prejudicada pela pandemia e fortalecer o surgimento de negócios inovadores. A empresa busca parcerias com as universidades em busca de soluções que proporcionem maior longevidade e visibilidade para as startups que iniciam seus ciclos nas universidades. Saiba mais em: (www.biospherehub.com).

D – Cursos Gratuitos

Os cursos online do Sebrae atingiram a marca de 2,5 milhões de matrículas neste ano. O número é mais que o dobro registrado em 2019, antes da pandemia, quando foram feitas 1,1 milhão de matrículas. Em 2020, a instituição recebeu 2,5 milhões de registros e a expectativa é que até o encerramento de 2021 esse recorde seja batido. O Sebrae oferece um catálogo com mais de 250 cursos que podem ser feitos online, gratuitamente, através de computadores, tablets ou até mesmo pelo celular, através do app Sebrae. Somente neste ano, foram lançadas 50 novas opções de cursos. Os mais procurados são Gestão Financeira com 235 mil matrículas, Marketing Digital com 172 mil registros e Gestão de Pessoas com 132 mil pessoas matriculadas (www.sebrae.com.br).

E – Emissão de Debêntures

O BV, um dos maiores bancos do país, foi coordenador líder da 3ª Emissão de Debêntures Simples da Mata Santa Genebra Transmissão S.A (MSG) no valor de R$ 1,5 bilhão. A operação viabiliza a captação de recursos no mercado de capitais para um dos maiores empreendimentos do setor do país, composto por cerca de 890 km de linhas de transmissão, interligando 51 municípios, sendo 44 em São Paulo e 7 no Paraná, e também é composto por 3 subestações de energia. A iniciativa destaca a atuação do banco em mais uma operação relevante no setor de infraestrutura, principalmente em transmissão de energia, contribuindo para o crescimento e desenvolvimento do país. Saiba mais: (www.bv.com.br).

F – Concessão de Rodovias

Com o apoio do BNDES, o Ministério da Infraestrutura abriu ontem (27), consulta pública para o processo de concessão de 2.565 km de rodovias. Organizados em quatro lotes divididos entre os estados de Rondônia, Mato Grosso e Goiás, os trechos fazem parte de um contrato para estruturação de projetos de concessão que prevê o estudo de aproximadamente 8.300 km de trechos rodoviários. São rodovias importantes que atravessam as regiões Centro-Oeste e Norte do Brasil e, quando concedidas, formarão um corredor logístico desde Porto Velho, em Rondônia, até o porto de Santos. Durante o período de consulta pública, a população poderá opinar sobre o projeto, que tem investimentos estimados em R$ 13,6 bilhões ao longo dos 30 anos de concessão. Saiba mais em: (https://hubdeprojetos.bndes.gov.br/pt/).

G – Transporte de Gás

A Transportadora Associada de Gás — TAG divulga o resultado final do seu processo de oferta de capacidade extraordinária com a assinatura de 22 contratos de prestação de serviço de transporte de gás pelo regime de entrada e saída, com seis novos agentes que passam a compartilhar o uso da malha integrada de gasodutos da companhia. Entre os acordos celebrados na primeira rodada, estão seis contratos que totalizam 4,5 milhões de m³/dia de entrada e 16 contratos de saída, num total de 6 milhões de m³/dia. Os contratos foram assinados com produtores como Equinor, Galp, Shell, PetroReconcavo, Potiguar E&P e SPE Miranga, e um consumidor livre, Proquigel. Os resultados da alocação de capacidade das duas primeiras rodadas, bem como o cronograma da terceira rodada de oferta, podem ser acessados em: (www.ntag.com.br).

H – Empresas & Startups

A coinovação entre grandes empresas e startups segue como uma boa saída para aplacar os crescentes desafios de negócios. O Bradesco, por exemplo, firmou contrato com novas startups de diferentes setores em 2021 e está em fase de experimentação com 23 outras. O mesmo acontece com grandes clientes do banco, corporações que são membros do inovabra habitat, que também veem nas startups boas soluções para seus dilemas. Qipu, Predify e Smartbrain são as mais novas parceiras do Bradesco. As contratações foram realizadas por meio do inovabra, ecossistema de inovação do banco que fomenta a colaboração entre startups e áreas internas. Saiba mais sobre o ecossistema de inovação aberta em: (https://www.inovabra.com.br/index.html).

I – Pagamento sem Contato

Uma pesquisa encomendada pela VR ao Instituto Locomotiva mostra o crescimento do pagamento sem contato/por aproximação entre os donos de bares, fast foods, restaurantes, mercados, padarias e açougues. 81% dos entrevistados declaram usar mais esta forma de pagamento hoje do que no início da pandemia. A principal razão para o comércio adotar pagamentos sem contato era preocupação com a saúde, mas hoje a demanda é dos clientes, afirmam os comerciantes. Tanto que 54% contam que os próprios clientes solicitam esse tipo de pagamento. 40% dos donos de estabelecimentos comerciais acreditam que adoção de pagamentos sem contato/por aproximação aumentou diretamente as vendas e 98% deles pretendem manter essa modalidade. Outras informações: (https://www.vr.com.br/).

J – Inscrição Cassada

A Secretaria da Fazenda cassou a inscrição estadual de 8.141 contribuintes paulistas do ICMS por inatividade presumida. As notificações foram publicadas no D.O. do Estado de 24/12 e a relação dos contribuintes cassados na página (https://portal.fazenda.sp.gov.br/servicos/cadesp/Paginas/Sobre.aspx), clicando em Mais informações > Cassação. Isto ocorreu pela omissão na entrega das Guias de Informação e Apuração do ICMS (GIAs) relativas a outubro, novembro e dezembro de 2019. O contribuinte que desejar restabelecer a eficácia da inscrição tem prazo de 15 dias para apresentar reclamação e regularizar sua situação cadastral junto ao Posto Fiscal de sua vinculação.

K – Poder de Compra

A Trademaster, fintech especializada em soluções financeiras e de crédito B2B, acaba de anunciar o lançamento do Tradeturbo, ferramenta que permite que os varejistas utilizem gratuitamente a sua agenda de recebíveis de cartão de crédito e débito como garantia para gerar e incrementar o seu limite de crédito disponível. Com a solução, o varejista sempre terá limite de crédito para comprar a prazo das indústrias e distribuidores conveniados. Desta forma, não precisará mais pagar para antecipar suas vendas de maquininha, para fazer compras à vista. A fintech viu a oportunidade de usar estes recebíveis das maquininhas como garantia para operações de crédito, o que, na prática, proporciona uma série de facilidades para os varejistas (https://www.trademaster.com.br/).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

0 Shares
Share via
Copy link
Powered by Social Snap