5 dicas para evitar problemas com o frete no e-commerce

Com a expectativa de crescimento do e-commerce de 32% em 2021 – de acordo com relatório da XP Investimentos – o número de empresas que precisam entregar com eficiência cresce no Brasil, assim como a quantidade de clientes que irão recorrer à compra online. Neste vai e vém de pedidos, a logística de entrega é parte decisiva da experiência do consumidor: atrasos, falta de comunicação e avaria na mercadoria são fatores que prejudicam a reputação da loja.

Para Éder Medeiros – CEO do Melhor Envio – startup de gestão de fretes que ajuda empreendedores a otimizarem tempo e ganharem competitividade com fretes mais baratos e automatizados – é possível evitar problemas na entrega com ações simples que devem fazer parte da rotina dos vendedores. “Avaria e extravio de carga estão entre as maiores preocupações dos lojistas. Imprevistos podem acontecer, porém, algumas atitudes podem evitar ou ao menos amenizar as ocorrências”, comenta o especialista.

Algumas medidas podem ser adotadas no preparo da encomenda para evitar danos. Logo, o mais importante é que o empreendedor esteja atento que a venda só termina na entrega e por isso, acompanhar o rastreamento da encomenda, além de contar com uma plataforma que ofereça o suporte necessário, é fundamental para que a experiência do usuário seja completa.

  1. – Tenha uma comunicação clara – Por e-mail, SMS ou WhatsApp, é preciso enviar atualizações constantes sobre cada etapa da compra realizada – o que fortalece a confiança e traz mais proximidade. O e-commerce também deve garantir que as ferramentas importantes para a entrega dos produtos estejam ao alcance do público. Se a loja mantém um diálogo aberto com o cliente, mesmo que haja problemas no envio, é provável que ele faça uma avaliação positiva da experiência.
  2. – Aposte no código de rastreio – O código de rastreio mostra o caminho da postagem do produto até a chegada na casa do cliente. Este código deve ser compartilhado com o consumidor, para que ele também possa ficar atento à movimentação do pacote – e se sentir mais seguro sobre o cumprimento do prazo de entrega. Além de ser uma ótima maneira de reduzir a ansiedade gerada pela espera do produto, isso aumenta a relação de confiança entre cliente e loja virtual.
  3. – Escolha o parceiro certo –Ter um parceiro logístico para automatizar a gestão do frete é uma dica muito importante. Entre os pontos altos está a desburocratização do acesso aos serviços, pois, através da plataforma, os lojistas ficam livres de precisar negociar contratos individuais com cada transportadora. Isso resolve o problema de empreendedores que ainda não têm um volume alto de vendas para conseguir condições vantajosas diretamente com as empresas de transporte, por exemplo.
  4. – Não aceitar produtos com avarias ou violação – As transportadoras têm políticas diferentes sobre a indenização por avarias ou danos nos produtos. Em alguns casos, a solicitação só é aceita se o destinatário identificar o problema no momento em que recebe a encomenda. Por vezes, é necessário até mesmo recusar o recebimento. Neste caso, o lojista precisa deixar claro que a responsabilidade da entrega é da transportadora parceira, orientando seu cliente a como proceder.
  5. – Tenha atenção ao endereço de entrega informado – Para que o produto chegue até o cliente, é importante que as informações sobre o endereço do destinatário estejam corretas. O primeiro motivo para essa atenção é, claro, garantir o sucesso do frete da compra até a entrega do produto. Mas é bom lembrar que informações desencontradas também podem resultar em custos extras, principalmente com taxas de reentrega ou devolução. – Fonte e outras informaçoes: (www.melhorenvio.com.br).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0 Shares
Share via
Copy link
Powered by Social Snap