Organização de dados é indispensável para que empresas superem a crise

  • Save
O momento agora é de dar atenção à sua base de dados. Foto: spls.com/reprodução

Após esse período de estagnação global, somente empresas que melhor se estruturarem para a retomada dos negócios é que terão boas condições de sobreviver à recessão causada pela pandemia do novo coronavírus. A crise econômica provocada será uma das piores da história, com efeitos devastadores em todo o mundo.

Para a cadeia produtiva, a previsão é de que haverá problemas como, por exemplo, falta de demanda, de oferta e também interrupção de fornecimento de matéria-prima. Ainda que não seja possível prever exatamente qual o tamanho do estrago causado pela Covid-19, o clima de pessimismo é geral.

CEO da Assesso, desenvolvedora de projetos de Gestão da Informação e Qualidade de Dados em grandes empresas nacionais e internacionais, André França Cardoso recomenda que, para as corporações que ainda não têm esse cuidado, o momento agora é de dar atenção à sua base de dados.

“Organizar as informações e analisar com cuidado e critérios muito bem definidos todos os dados que a empresa dispõe é indispensável para que as companhias possam conhecer melhor seus clientes, seus diferentes públicos, e agir com inteligência para quando o mercado der indícios de retorno à normalidade”, diz o especialista.

Cardoso conta que, nos tempos atuais, e cada vez mais, os processos produtivos e de decisão nas grandes empresas baseiam-se em imensos volumes de informação, coletados das mais diferentes maneiras, que circulam e se acumulam pelos bancos de dados. “Porém, muitas empresas ainda não tratam essas informações de forma adequada, já que não se dão conta de que são um dos principais ativos que possuem.” Ou, em muitos casos, não apresentam expertise para realizar esse trabalho de gestão.

“Hoje, muitas empresas já estão adotando medidas para enfrentar essa turbulência criada pela pandemia, mas que estão muito mais voltadas para amenizar os impactos negativos do momento. Pensar na organização dos dados é parte essencial da estratégia para a retomada de negócios lá na frente, no pós-crise.

Quem prezar pela boa gestão da informação, de como melhor vai organizar e analisar seus dados para suportar melhor todo processo de tomada de decisão, certamente irá obter vantagens competitivas sobre as outras empresas, garantindo, assim, a sobrevivência do seu próprio negócio”, conclui o CEO da Assesso.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0 Shares
Share via
Copy link
Powered by Social Snap