Macri encontra Dilma e diz que ela está “muito tranquila”

Elza Fiúza/ABr
  • Save

Presidente eleito da Argentina, Mauricio Macri.

Depois de conversar por cerca de meia hora com a presidenta Dilma Rousseff, o presidente eleito da Argentina, Mauricio Macri, afirmou que ela estava “muito tranquila”. Segundo Macri, Dilma explicou a situação política brasileira a ele e disse que continuará trabalhando enquanto durar o processo, inclusive em questões do Mercosul.
“Para mim está claro que, se o Brasil vai melhor, a Argentina vai melhor e vice-versa, por isso temos que trabalhar em conjunto 24 horas por dia, aconteça o que acontecer. O que está em jogo é criar melhores oportunidades para os brasileiros e os argentinos”, disse o presidente eleito.
Macri disse que ele e Dilma estão preocupados com as eleições legislativas na Venezuela e com a defesa da democracia e dos direitos humanos. “Vamos acompanhar o que vai acontecer na eleição, porque há uma enorme tensão na Venezuela. Esperamos que a democracia vença”, afirmou. “Há uma preocupação, que, claro, cada um expressa com seu estilo e sua maneira, mas, no fundo, compartilhamos os mesmos valores, isso não se discute”, acrescentou.
O presidente da Anfavea, Luiz Moan, disse que a ascensão de Maurício Macri à Presidência da Argentina deixou as montadoras mais otimistas quanto às possibilidades de bons negócios em torno da renovação do acordo automotivo bilateral, que vence em junho. As discussões sobre o acordo devem começar em janeiro. Para ele, a parceria com um dos principais clientes do país pode ajudar a reverter a situação desfavorável nas exportações de veículos brasileiros (ABr).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0 Shares
Share via
Copy link
Powered by Social Snap