Jaques Wagner: “enxotar intolerância política”

Arquivo/ABr
  • Save

Ministro-chefe da Casa Civil, Jaques Wagner.

O ministro-chefe da Casa Civil, Jaques Wagner, disse ontem (26) que a sociedade brasileira precisa “enxotar” qualquer tipo de intolerância, incluindo a política. “A democracia só prospera num ambiente de tolerância”, ressaltou, durante discurso em evento promovido, na capital paulista, pela Revista Carta Capital, que premiou as empresas mais admiradas no Brasil.
Para Jaques Wagner, a crise atual não aponta para nenhuma catástrofe. Aumento do diálogo e defesa da democracia são ideias que têm de ser debatidas. O fato de a Operação Zelotes ter cumprido mandados de busca e apreensão em empresas do filho do ex-presidente Lula, não preocupa o governo. Segundo ele, o Brasil não pode ficar assistindo à investigação. “O que preocupa mesmo o governo é a falta de crescimento, o desemprego crescente e a inflação”, disse.
Na sua avaliação, as atuais investigações sobre grandes esquemas de corrupção no País têm de continuar porque mudam a relação entre o público e o privado. Questionado sobre reportagem do jornal Folha de S.Paulo que afirma que 35% das pedaladas fiscais tiveram como objetivo financiar empréstimos para grandes empresários e fazendeiros de médio e grande portes, Wagner diz não ver tal informação como uma denúncia, mas como um caminho normal com retorno positivo de geração de empregos e estímulos a áreas menos desenvolvidas (AE/ABr).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0 Shares
Share via
Copy link
Powered by Social Snap