O que séries de sucesso nos ensinam sobre Pesquisa de Mercado?

Juliana Hendges (*)

Engana-se quem pensa que pesquisa de mercado é somente um questionário com perguntas clichês que vemos nas ruas e muitas vezes, passamos batido para que não sejamos parados. Na verdade, a Pesquisa de Mercado está tão presente na nossa vida quanto podemos imaginar. Prova disso, são as séries de sucesso que temos acompanhado por bastante tempo.

Uso alguns exemplos e explico como cada uma delas apresenta uma metodologia e você sequer reparou. Na série La Casa de Papel, podemos observar a clássica pesquisa de Análise de Concorrentes. Se você ainda não assistiu a série, trata-se de um grupo de nove ladrões, liderados por um Professor que prepara o roubo do século na Casa da Moeda da Espanha, com o objetivo de fabricar o próprio dinheiro em quantidades incalculáveis e nunca antes vista.

O Professor, responsável pelo planejamento do assalto, analisou profundamente todos os funcionários do banco, para que pudesse entender cada um de forma a facilitar a execução de seu plano de ação.
Além disso, ele também analisou a fundo a polícia, se aproximando de um dos membros da investigação, como se estivesse realizando um cliente oculto, uma técnica de pesquisa muito utilizada em casos de análise de concorrência.

Nesse caso, ele conseguiu entender a forma que eles pensavam e agiam. E, assim, os assaltantes sempre estavam um passo à frente de todos.

  • Save
Imagem: Freepik

Em Breaking Bad, o professor de química, Walter White, é diagnosticado com um câncer terminal e decide dar uma reviravolta na sua vida, passa a produzir um produto usando seu conhecimento químico e com muita pesquisa, ele consegue desenvolver algo sem igual, de qualidade impecável, fazendo com que sua fama se espalhe rapidamente e seu produto seja o mais desejado do mercado. Mas as pesquisas não pararam por aí. Afinal, não adianta ter o produto perfeito e ninguém saber da existência dele né?

Você já ouviu falar nos 4 P’s do marketing? Os 4 P’s são um famoso conceito que resume os quatro pilares básicos de qualquer estratégia de marketing, todos eles começando pela letra P: produto, preço, praça e promoção. Pensando nisso, o professor pesquisou sobre praça e promoção para escalar a venda de seu produto. Sempre que possível realize uma pesquisa de teste de produto e/ou serviço e tenha certeza da qualidade do que você está oferecendo antes de lançar no mercado. Assim, será mais fácil e rápido de avançar e escalar.

E agora que tal entender melhor pesquisa através de Game of Thrones?A série conta uma única história através dos olhos de muitos personagens. Isso faz com que o público tenha perspectivas múltiplas de um fato e dos personagens. Enquanto para alguns Eddard Stark é um herói honorável que morre injustamente, para Deanerys Targaryen ele é o guerreiro frio que dizimou sua família! Dependendo da pessoa, uma coisa pode ter significados inteiramente diferentes.

Essas diferentes perspectivas ajudam a expandir seu próprio ponto de vista e deixa que você observe o mundo com mais compreensão e empatia. Uma excelente técnica de pesquisa é o mapa de empatia, ferramenta que ajuda a criar pontos de vistas e gerar insights que ajudam a entender problemas e necessidades das pessoas.

  • Save
Cena de Game of Thrones. Imagem: Reprodução

Já criei, através do mapa de empatia, personas para que um de meus clientes, do ramo de aplicativos de mobilidade, pudesse entender melhor seu público alvo e aumentasse seu market share, que é uma porcentagem que corresponde à relevância de uma empresa diante dos competidores da indústria em que ela atua. Ele pode representar o valor de mercado, a porção de um público que prefere aquela marca, o volume de vendas entre outros aspectos mercadológicos.

Para fechar com chave de ouro o mundo das séries e pesquisa de mercado, vamos falar de Stranger Things. Mesmo que você ainda não tenha assistido, com certeza você já deve ter visto todo o alvoroço em torno da série, que é uma trama repleta de um bom suspense e ficção científica. Em resumo, a série narra história de Will Buyers, que desaparece e seus melhores amigos saem à procura dele, mas sem querer acabam encontrando Eleven, uma outra criança perdida, e a escondem.

Os meninos, Eleven e a mãe de Will não acreditam que garoto tenha fugido ou sido morto. Então, durante os oito episódios da temporada, eles investigam o que pode ter acontecido e tentam encontrá-lo. Mas o que tudo isso tem a ver com pesquisa? Na série, os personagens estão sempre ligados no universo geek, lêem muito, investigam e logo colocam em prática o que foi aprendido, isso faz que seus planos tenham uma margem de erro pequena. O chamado risco calculado.

O que a série nos ensina é: pesquise, planeje e ouse! Antes de dar qualquer passo arriscado no seu negócio, use e abuse dos dados, transformando-os em soluções para minimizar riscos.

(*) – Graduada em Publicidade e Propaganda com MBA em Marketing Estratégico e Vendas e especialista em Design Thinking, é CEO e Fundadora da Engaje Pesquisas, que se tornou referência no segmento de pesquisas de mercado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0 Shares
Share via
Copy link
Powered by Social Snap