Lazer e Cultura 04/03/2016

Estreia

Cena de Cabaré Das Fábulas.
  • Save

Princesas, madrastas, bruxas, sapos, irmãs invejosas, música ao vivo, circo e um cabaré. Tudo isso costurado pela presença do Lobo Mau, que faz as vezes de mestre de cerimônia

É assim que se desenrola Cabaré Das Fábulas, primeiro espetáculo adulto da Cia. do Liquidificador, que estreia no dia 11 de março. A dramaturgia une o cabaré e o conto de fadas e traz quadros isolados. São 10 cenas, Prólogo, Apresentação do Lobo Mau, Irmãs Feias, Cinderela, Bela Adormecida, Pequena Sereia, Chapeuzinho Vermelho,A Bela Domadora de Feras, Nascimento da Bruxa, Príncipe Sapo e Música de Encerramento, cada uma com uma linguagem diferente (teatro de sombras, circo, musical, máscaras e mímica, entre outros). Com Camila Masri, Cris Socci, Fernanda Mariano, Gabi Pascal, Henrique Athayde, Letícia Calvosa e Marcus Veríssimo.

Serviço:Teatro Viralata, R.Apinajés, 1387, Sumaré, tel. 3868-2535. Sextas às 21h. Ingressos: R$ 40 e R$ 20. Até 29\04.

REFLEXÃO

CRISTO EM TEU CORAÇÃO

Se queres encontrar o Cristo em teu coração, basta te conscientizares da  verdade: Ele, o Mestre dos mestres, é força transformadora! ” Jesus está a tua espera. O “batei e abrir-se-vos-a” é abrir as portas do  entendimento; começando o trabalho luminoso no infinito interno,  poderás abrir a porta do amor, iluminando o ódio; abrir a porta do perdão, iluminando a vingança; abrir a porta da caridade, fazendo desaparecer o egoísmo; abrir a porta da fraternidade, fazendo desaparecer a usura. É nessas mudanças que poderás encontrar Cristo de braços abertos, na tua  intimidade, a te ensinar a virtude por excelência, que se chama Amor . É por  esses caminhos internos que conhecerás a verdade e te tornarás livre. (De “Páginas Esparsas 1”, de João Nunes Maia, pelo Espírito Miramez)

Cine

Marina Person diretora de California.
  • Save

Dirigido por Marina Person, o filme California se passa no ano de 1984. Estela vive a conturbada passagem pela adolescência. O sexo, os amores, as amizades; tudo parece muito complicado. Seu tio Carlos é seu maior herói, e a viagem à Califórnia para visitá-lo, seu grande sonho. Mas tudo desaba quando ele volta magro, fraco e doente. Entre crises e descobertas, Estela irá encarar uma realidade que mudará, definitivamente, sua forma de ver o mundo. Com Clara Gallo, Caio Blat e Paulo Miklos.

Serviço: Sesc Campo Limpo, R. Nossa Senhora do Bom Conselho, 120, tel. 5510-2700. Terças às 20h. Entrada franca. Até 22\30.

Medos

Quase uma Adaptação foi inspirado no conto “Casa Tomada”, do escritor argentino Julio Cortázar, o espetáculo fala sobre dois irmãos mergulhados em suas rotinas triviais. Até que a casa onde vivem é tomada, subitamente, por barulhos inusitados e desprovidos de razão, e os dois não veem outra saída e não ser abandonar o casarão.

Serviço: Biblioteca Mário de Andrade, R. da Consolação, 94, Consolação, 3775-0002. De quinta a sábado às 20h e domingos às 18h. Entrada franca. Até 20\03.

Máquina

Maria Alice Poppe.
  • Save

A meio caminho entre as artes visuais e a cena, o trabalho concebido por Maria Alice Poppe e Thereza Rocha conjuga a apresentação presencial de dança de Poppe e diversos ambientes que funcionam autônoma e simultaneamente. O espectador é peça-chave do trabalho Máquina de Dançar, uma vez que a máquina torna-se viva a medida que ele percorre sua estrutura na qual mesclam-se dança, artes visuais e literatura.Esta apresentação foi feita de maneira a permitir a livre locomoção do público pelo espaço.

Serviço: Sesc Pompeia, R. Clelia, 93, Perdizes, tel. 3871-7700. Sextas e sábados às 19h e às 20h30 e domingos às 17h e às 18h30. Ingresso: R$ 20. Até 06\03.

Mundo dos mortos

Companhia do Feijão inicia a sua temporada apresentando uma das principais montagens de seu repertório Nonada. Fora de um tempo ou lugar, “Nonada”, que traz no elenco os atores Fernanda Haucke, Fernanda Rapisarda, Flávio Pires, Guto Togniazzolo, Pedro Pires e Vera Lamy, conta como o dono de uma espécie de circo do mundo dos mortos manipula um personagem desmemoriado, levando-o a descobrir sua trágica origem. A revelação surge de um perverso jogo de gato e rato por uma labiríntica trajetória de encontros com personagens de grandes escritores brasileiros de épocas diversas, como Machado de Assis e Mário de Andrade. Concebido a partir das “memórias” destes personagens, o espetáculo simboliza o processo de “modernização conservadora” que gerou a difusa identidade brasileira.

Serviço: Cia do Feijão, R. Dr. Teodoro Baima 68, República, tel. 3259-9086. Sábados e domingos às 20h. Entrada franca. Até 27\03.

Dança

A partir de pesquisa em cemitérios indígenas pré-históricos na região de Laguna, em Santa Catarina, a obra Vestígios propõe uma experiência de escavação arqueológica, interceptando as linguagens da dança, artes visuais (vídeo e instalação) e performance. Para a pesquisa, a bailarina e coreógrafa Marta Soares fez imersões físicas nesses locais. O espetáculo faz parte da Ocupação Marta Soares.

Serviço: Oficina Cultural Oswald de Andrade, R. Três Rios, 363, Bom Retiro, tel. 3222-2662. Quintas, sextas e sábados às 20h. Entrada franca. Até 19\03.

O NEGRO E O GAY

Unir o rap a um discurso sobre aceitação, gêneros e relacionamentos. É isso que Rico Dalasam tem feito até agora e vai apresentar. Pioneiro na cena queer rap brasileira, Rico, que não se encaixa em rótulos musicais também, traz para esses shows duas participações especiais: a rapper Flora Matos, no dia 4 de março, e Jaloo, músico paraense que circula pelo tecnobrega e pop, no dia 5 de março. Autor do EP Modo Diverso, Rico Dalasam se prepara para lançar seu primeiro disco ainda esse semestre. Seus versos trazem um discurso político, unindo duas vertentes que, na sua concepção, andavam desunidos: o negro e o gay.

Serviço: Sesc Santo Amaro, R. Amador Bueno, 505, tel. 5541-4000. Sexta (4) às 21h e sábado (5) às 20h. Ingressos: R$ 25 e R$ 12,50 (meia).


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

0 Shares
Share via
Copy link
Powered by Social Snap