Veja sete dicas para o uso racional da energia

Neste próximo sábado (29), é celebrado o Dia Mundial da Energia. A data foi criada em 1981, em Portugal, por uma iniciativa da Direção Geral de Energia daquele país e funciona como um marco de alerta à população sobre o uso racional da energia e para motivar e incentivar o uso de fontes de energia renováveis.

Nelson Volyk, engenheiro eletricista da SIL Fios e Cabos Elétricos preparou algumas dicas que podem ajudar na otimização da rede, evitando consumo desnecessário e ainda aumentando a segurança elétrica.

• Ao comprar produtos para uma instalação elétrica, desconfie de preços muito abaixo do padrão do mercado – Fios e cabos elétricos muito baratos, geralmente descumprem as normas de fabricação. Esses produtos costumeiramente apresentam uma quantidade menor de cobre, que é o condutor da eletricidade, e apresentam uma maior parte de PVC, que é usado para revestir e isolar. Isso na instalação gera perdas elétricas e contas de energia mais altas.

• Não aumente o valor do disjuntor sem uma análise técnica – Isso provavelmente vai fazer com que os condutores elétricos trabalharem em sobrecarga, aumentando as perdas elétricas e a conta de luz.

• Siga rigorosamente a especificação dos fabricantes – Na hora de instalar um chuveiro ou uma torneira elétrica, por exemplo, nunca utilize condutores elétricos de seção nominal menor que o recomendado no manual de instalação. Isso garante uma maior durabilidade do produto e evita perdas elétricas.

• Esteja atento a amperagem de cada produto elétrico – Produtos elétricos que consomem mais de 10A precisam de circuitos elétricos exclusivos. Chuveiros, torneiras elétricas, lavadoras e secadores de roupa são exemplos de produtos que devem possuir tomada e disjuntor exclusivos. Isso garante o funcionamento correto e evita perda elétrica.

• Troque iluminação e rede elétrica antigas – A comercialização de lâmpadas incandescentes é proibida desde 2015. Se em sua casa ainda existe este tipo de iluminação, troque-a por uma LED. Elas são mais tecnológicas e geram a mesma intensidade luminosa, consumindo apenas 10% de energia se comparada a uma incandescente. Uma reforma elétrica em redes antigas aumentará a capacidade da instalação em fornecer mais energia, sem gerar perdas elétricas.

• Prefira aparelhos de ar-condicionado com tecnologia inverter – Esses aparelhos apresentam um valor de mercado um pouco maior do que os convencionais. No entanto o consumo elétrico é bem menor.

• Desligue o que não estiver sendo usado – Parece simples, mas muitos ainda deixam aparelhos ligados e luzes acesas mesmo quando não estão sendo utilizados. Experimente desligar da tomada aquilo que não está em uso. Com certeza se você fizer isso durante um mês vai perceber uma redução em sua conta de energia. – Fonte e outras informações: (www.sil.com.br).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0 Shares
Share via
Copy link
Powered by Social Snap