Aposta em valores acessíveis para divulgar PMEs e empreendedores

O brilho no olho em escrever reportagens para o jornal foi trocado pela satisfação em ajudar pequenas empresas a aparecerem na mídia, para que ganhem visibilidade e cresçam. Com essa missão, a jornalista Laís Oliveira deixou a redação da Folha de S.Paulo para trabalhar com assessoria de imprensa e criou a Press UP, voltada a PMEs, empreendedores e startups.

A agência democratiza a comunicação e faz a ponte entre os clientes e a imprensa com planos avulsos ou recorrentes. “É um modelo descomplicado, voltado àqueles que precisam dar um ‘up’ nos negócios e que não têm um orçamento robusto para investir em equipes de marketing digital, de relações públicas e de mídias sociais. Reunimos as principais técnicas para conseguir os melhores resultados e a valores acessíveis – a partir de R$ 1.440”, diz Laís.

A estratégia de divulgação inclui Link Building e otimização dos releases para SEO, para atrair tráfego e autoridade para os sites – e pode integrar Social Buzz, que viraliza matérias nas redes sociais e posts patrocinados, para maior taxa de engajamento. Nesse primeiro ano de trajetória, a Press UP teve clientes atendidos em sete estados, além da Espanha e dos Estados Unidos, e de setores variados, como Tecnologia, Logística, Investimento Florestal, Gastronomia, Educação e Saúde.

A Dusspy Tecnologia é um deles, e teve 21 reportagens publicadas. “O trabalho realizado nos fez ganhar notoriedade e aumentou as vendas. Superou e em muito nossas expectativas”, conta Ruberley Silva, CEO da empresa. A pandemia resultou no fechamento de 26% das pequenas empresas do mundo, segundo o recém-publicado Relatório Global do Facebook. O cenário de incertezas impulsiona a Press UP na missão de fortalecer a credibilidade dos clientes, para que não façam parte dessas estatísticas.

“Queremos disseminar as boas ideias para que sobressaiam mesmo em tempos desafiadores. Conquistar bons resultados e ver nossos assessorados voarem cada vez mais alto é o melhor presente de aniversário que podemos ter”, afirma Laís. Os brasileiros estão cada vez mais conectados e as redes sociais lideram o acesso diário na internet, segundo a empresa de análise digital Comscore. Só no Facebook, a rede social mais utilizada no mundo, são 130 milhões de contas no Brasil.

Durante esse período turbulento, no entanto, foi o LinkedIn que ganhou notoriedade no país – onde tem 43 milhões de usuários, sendo o quarto maior da plataforma -, como espaço de network, de exposição de marcas, tanto corporativas quanto pessoais, e de negócios. Atenta a esse movimento, a Press UP intensifica o social seeding, para aproveitar o potencial dessas ferramentas, conquistar o público-alvo com conteúdo de qualidade e informação e gerar leads. Fonte e outras informações: (www.pressup.com.br).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0 Shares
Share via
Copy link
Powered by Social Snap