Vice-líder do DEM teve encontro com Temer

O vice-líder do DEM na Câmara, deputado Pauderney Avelino (AM), disse ontem (19) que não há crise entre o partido e o presidente Michel Temer.

O deputado se encontrou pela manhã com Temer para tratar da relação do DEM com o governo. A reunião no Palácio do Planalto ocorre um dia depois do jantar realizado na residência oficial do presidente da câmara, Rodrigo Maia, que contou com a presença de Michel Temer e ministros do governo. Segundo Pauderney Avelino, o jantar foi um “encontro entre amigos, uma conversa amena”.
Pauderney negou que o presidente tenha feito qualquer convite a parlamentares de partidos da oposição para integrar o PMDB, em reação a um movimento do DEM na busca por ampliação de sua bancada. Os dois partidos estariam tentando convencer parlamentares dissidentes do PSB a integrarem seus quadros na Câmara. “Eu acho que, primeiro, foi uma falsa crise e, depois, nós entendemos que já é uma página virada esse episódio, uma vez que consta que o presidente não convidou parlamentares para ingressarem no partido dele e nem tentou dissuadir deputados a virem para o Democratas”, afirmou.
O vice-líder ressaltou, no entanto, que o DEM está aberto a receber qualquer parlamentar que esteja insatisfeito em outro partido. “Aqueles parlamentares que tiverem dificuldades nas suas siglas, nas suas legendas para exercerem livremente o seu desejo de reformar o país encontrarão abrigo no nosso partido, porque o nosso ideário contempla isso. E a convergência é muito importante de parlamentares que queiram vir para o partido, se quiserem vir, a porta está aberta”, declarou (ABr).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0 Shares
Share via
Copy link
Powered by Social Snap