PSDB: vetos podem aumentar desequilíbrio fiscal

O presidente nacional do PSDB, senador Aécio Neves, sinalizou que o partido que preside não deve defender a derrubada dos vetos presidenciais na sessão do Congresso prevista para ocorrer hoje à noite.

Segundo ele, o partido não tem ainda uma orientação fechada, mas destacou que há uma preocupação com essas questões.
“Medidas que amanhã desequilibram ainda mais a situação fiscal do Brasil e criam maiores dificuldades ainda para a recuperação da economia, são vistas com muita cautela pelo PSDB”, afirmou ele, em entrevista coletiva.
Para o tucano, a situação chegou a esse impasse diante da incapacidade do governo de negociar com a base aliada grande parte das medidas aprovadas pelas duas Casas Legislativas, inclusive com voto do próprio PT. Ele disse que não se pode cobrar das oposições aquilo que os que governam o Brasil não conseguem fazer.
Questionado sobre a estratégia do governo de tentar esvaziar a sessão para adiar a votação dos vetos, Aécio disse que isso cabe à base aliada. “Quando se termina uma eleição, um vence outro perde. O que vence governa e o que perde faz oposição”, disse (AE).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0 Shares
Share via
Copy link
Powered by Social Snap