Meirelles promete focar em ‘diagnóstico’ de problemas

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, disse ontem (23) que o novo governo de Michel Temer precisa “focar no diagnóstico” dos problemas para, depois, apresentar soluções.

“Vivemos um momento importante da economia brasileira”, destacou o ministro, em um evento em São Paulo, ressaltando que o governo anterior, de Dilma Rousseff, adotou “políticas que se revelaram erradas” e que prejudicaram o rombo das contas públicas.
Segundo Meirelles, esse “cenário de deterioração das contas públicas” confirmou as estimativas de déficit primário de R$ 170 bilhões para 2016. “Se nada for feito, a relação da dívida pública com o PIB superaria os 80% em poucos anos”, salientou Meirelles. “Considerando o nosso histórico de crises fiscais precisamos analisar como isso foi resolvido nos últimos anos”, disse o ministro, citando como exemplos o aumento da carga tributária, mas confessando que a medida não seria útil atualmente. “Neste momento, estamos definindo soluções e sobre as quais as medidas serão aplicadas. Agora nós não podemos errar e temos que tomar medidas eficazes e que funcionem”, disse Meirelles, prometendo dar detalhes do novo plano econômico hoje (24).
O ministro adiantou que o plano tem três bases: o controle de despesas primárias, o foco na eliminação de gastos considerados extras e o aprimoramento dos serviços públicos, sem atingir planos sociais. Essas medidas, segundo o titular, têm como objetivo atrair investimentos e reaquecer a economia, especialmente na geração de empregos. “Em resumo, um aumento potencial da economia”, garantiu (ANSA).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0 Shares
Share via
Copy link
Powered by Social Snap