111 views 8 mins

Carteiras digitais são seguras? Saiba o que fazer para estar sempre protegido

em Destaques
domingo, 31 de março de 2024

A resposta para as questões quanto à segurança das carteiras digitais e se as informações de cartão de crédito e da conta bancária podem ser protegidas durante o seu uso é: sim.

As empresas de tecnologia, por trás das carteiras digitais, criaram mecanismos para proteger as informações financeiras dos usuários.

Mas você também pode tomar medidas por conta própria para fortalecer a segurança de suas carteiras digitais. Veja aqui algumas dicas selecionadas pelos especialistas da Norton, uma marca líder em segurança cibernética e parte da Gen™.

. As carteiras digitais são populares? – A popularidade das carteiras digitais disparou durante os últimos anos. Isto não é surpreendente: com uma carteira digital, você simplesmente salva o seu cartão de crédito ou outras informações de pagamento em um serviço como Google Pay, PayPal ou Wallet da Apple.

Ao fazer um pedido online em um restaurante, supermercado, loja de departamentos ou outro estabelecimento, você paga através da sua carteira digital, selecionando o cartão de crédito ou forma de pagamento de sua preferência. Você pode, então, retirar rapidamente o seu pedido na loja ou restaurante, sem precisar pagar no caixa. Isso limita o seu tempo na loja e a sua interação física com outras pessoas. Além disso, você também pode usar sua carteira digital para comprar na loja.

. Como funcionam as carteiras digitais? – Para saber como aumentar a segurança da sua carteira digital, é útil entender como funcionam estes sistemas. Existem diversas carteiras digitais disponíveis. O Google oferece o Google Pay. A Apple oferece Wallet. E a Samsung oferece o Samsung Pay. Você também pode escolher entre carteiras digitais como Venmo e PayPal.

Todas as carteiras digitais funcionam da mesma maneira: você se inscreve, fornece um nome de usuário, e-mail e senha. Então, acessa a sua carteira a partir de seu telefone, laptop, tablet ou outros dispositivos. Depois que a carteira estiver configurada, você poderá conectar diferentes métodos de pagamento a ela, como cartões de crédito, cartões de débito e contas bancárias.

Poderá, então, fazer compras através do smartphone, computador ou outros dispositivos. Ao fazer uma compra, você terá a opção de escolher um dos métodos de pagamento vinculados à sua carteira. Isso economiza tempo: em vez de pagar com dinheiro ou cartão em uma loja ou inserir os dados do cartão de crédito ao fazer uma compra online, basta clicar na sua carteira digital para realizar a compra.

. As carteiras digitais são seguras? – Em geral, são seguras. De acordo com o Identity Theft Resource Center, as carteiras digitais são baseadas em medidas de segurança comprovadas, como autenticação de dois fatores e PINs únicos. Também usam tecnologia de criptografia para embaralhar as informações financeiras e senhas dos usuários. Isso torna mais difícil para os cibercriminosos interceptar essas informações, quando os usuários fazem compras com as suas carteiras digitais.

Você provavelmente não precisa se preocupar com o fato de que usar carteiras digitais e os aplicativos que as utilizam são inerentemente mais arriscados do que pagar com cartões de crédito ou débito em uma caixa registradora ou outra tecnologia de ponto de venda. Mas também é preciso ter cuidado: criminosos podem se aproveitar de suas carteiras digitais, principalmente se você perder o seu smartphone ou qualquer outro dispositivo que se conecte a elas.

. Como aumentar a segurança das carteiras digitais? – Qual é a maior ameaça às suas contas bancárias ou cartões de crédito ao usar carteiras digitais? Se você perder o seu telefone e ele cair nas mãos de um criminoso.

Se o seu telefone ou carteira digital não estiver bloqueado com senhas ou outros requisitos de login, um ladrão poderá acessar a sua carteira digital se encontrar ou roubar o seu telefone. Os ladrões podem usar a sua carteira digital para carregar seus cartões de crédito ou sacar dinheiro de suas contas bancárias, muitas vezes antes mesmo de você perceber que perdeu o seu telefone ou outro dispositivo.

Confira algumas dicas para se proteger do uso indevido:

  • Bloqueie seu telefone – A primeira etapa é bloquear o seu telefone com uma senha, um padrão ou autenticação biométrica. Esta última opção é especialmente poderosa: para acessar o seu telefone, você deve pressionar o dedo contra ele. Ou o telefone pode precisar reconhecer o seu rosto, antes de desbloquear. Com esta proteção, é muito mais difícil para os ladrões desbloquearem o seu telefone.

Se você usar uma senha para desbloquear o telefone, certifique-se de que seja difícil de adivinhar e que contenha uma mistura de letras, números e símbolos. Quanto mais complexo for, mais difícil será para um cibercriminoso decifrar. Se você usar um padrão, nunca o deslize na frente de outras pessoas. Você nunca sabe quem pode estar observando e memorizando seu código.

  • Ative aplicativos de segurança – Certifique-se também de instalar aplicativos de segurança em seu smartphone que possam ajudá-lo a localizar o seu telefone, em caso de roubo ou perda. Esses aplicativos de segurança também podem ajudá-lo a bloquear o seu telefone remotamente ou apagar quaisquer informações de login salvas no seu dispositivo.
    Se não conseguir encontrar o seu telefone, certifique-se de que quem o encontrar não possa acessá-lo ou ter as informações financeiras nele armazenadas.
  • Evite redes Wi-Fi públicas – Nunca use a sua carteira digital ou aplicativos de pagamento em redes Wi-Fi públicas. Esses sistemas podem ser fáceis de serem hackeados. Cibercriminosos experientes podem rastrear a sua atividade online, incluindo os pagamentos que você fez.
  • Controle sua vida financeira – Faça login com frequência nos portais de cartão de crédito e conta bancária. Revise a lista de transações, pagamentos e saques em busca de atividades suspeitas. Se verificar compras que não fez ou saques que não autorizou, um criminoso pode ter acessado as suas contas. Relate essas transações suspeitas ao seu banco ou operadora de cartão de crédito imediatamente. – Fonte e mais informações: (https://br.norton.com).