5 dicas importantes de contabilidade para pequenas e médias empresas

O serviço de contabilidade é essencial para manter uma empresa em dia com o fisco e evitar multas. Pagar impostos e entregar as declarações para o governo são obrigações que não podem ser deixadas de lado. Para cumprir com essas obrigações legais, micro, pequenas e médias empresas têm opção da contabilidade digital, como a Razonet, startup que simplifica e diminui os custos em até 50% em relação à contabilidade tradicional.

Para a Luana Menegat, CEO da Razonet, a contabilidade mantém a saúde financeira: “Vale a pena analisar a importância de um contador e de um planejamento financeiro para a empresa. Não só para cuidar da parte burocrática, mas também como diferencial estratégico para manutenção e crescimento do seu negócio”, explica.

As cinco principais dicas de contabilidade para PMEs para uma gestão financeira eficaz são:

1 – Planejamento – Planejamentos financeiros e tributários são os pilares de qualquer empresa para equilibrar as contas. Seja ela do tamanho que for. Uma incompatibilidade entre o faturamento e a carga tributária pode gerar grandes prejuízos. Além disso, um plano de finanças ajuda a prever dificuldades futuras, readequar necessidades imediatas e evitar uma possível perda do controle da empresa, principalmente nos aspectos de liquidez e capital de giro.

Para realizar um bom planejamento é preciso:

  • Conhecer as necessidades da empresa;
  • Conhecer os objetivos da empresa para aquele período de tempo;
  • Levar em consideração o mercado em que a empresa está inserida;
  • Analisar o histórico da empresa e suas demonstrações contábeis;
  • Conhecer o enquadramento tributário da empresa e os custos com impostos e afins.

É evidente que somente planejar não é suficiente. Com o planejamento em mãos, é preciso garantir o cumprimento do planejamento financeiro. Se o plano foi elaborado, cabe ao gestor tomar decisões que se pautem no seu cumprimento, de forma a atingir as metas planejadas. Por isso, o acompanhamento das movimentações financeiras e as análises rotineiras são tão importantes.

2- Enquadramento tributário – É importante saber, exatamente, quais são as obrigações tributárias da sua empresa para se manter na linha e fazer o seu negócio crescer. O número de empresas que pagam mais (ou a menos) do que deveriam por não fazerem uma boa gestão de tributos é impressionante. Esse tipo de problema pode ser facilmente evitado

E quando falamos em enquadramento tributário é preciso lembrar que o empresário deve também saber quais são seus benefícios fiscais, entender a técnica de formação de preços e repasse de tributos e acompanhar as mudanças na legislação tributária. Tudo isso te permite não só evitar prejuízos como manter a competitividade de mercado.

3 – Capital de giro – É aquele dinheirinho que faz sua empresa girar, sobreviver nos primeiros anos. Não estamos falando do dinheiro investido para abrir sua empresa, mas sim daquele valor necessário para mantê-la funcionando antes que o lucro comece a aparecer. O valor depende do tamanho da empresa, do setor em que atua, a sazonalidade do negócio etc.

Mas, contabilmente, o empresário conseguirá definir esse valor como a diferença das dívidas de curto prazo – como pagamento a fornecedores, salários a pagar, impostos – e as receitas de curto prazo – dinheiro em caixa, aplicações financeiras de curto prazo e recebimento de vendas a prazo. Sem o capital de giro, as chances de quebrar são grandes.

A empresa pode sofrer ao encarar uma baixa inesperada de vendas, por exemplo, deixando de cumprir seus compromissos; começa a acumular dívidas e pode fechar as portas antes mesmo de chegar ao seu período de maturação. Isso para não falar na perda de oportunidades. A falta desse capital ainda pode fazer com que seu negócio perca a oportunidade de fazer um bom investimento, perdendo assim competitividade.

4 – Fluxo de caixa – O fluxo de caixa funciona é o pulmão da sua empresa e pode te dar ou não fôlego para seguir à diante e tomar a melhor decisão em tempos de crise. É ele que vai evidenciar as movimentações financeiras da sua empresa e prever futuras saídas e entradas. Com isso, poderá, entre outras coisas:

  • Saber se vai faltar ou sobrar dinheiro no futuro?
  • Dar ou não mais prazo para os clientes?
  • Negociar prazo com fornecedores?
  • Fazer empréstimos ou investimentos?

Mas como controlar o fluxo de caixa? Primeiro, escolha um período para controlar; reúna todos os saldos da sua empresa, ou todo o dinheiro disponível, esse vai ser o ponto de partida; em seguida registre todos os custos, contas a pagar e a receber; atualize os dados à medida que eles acontecem. A correria do dia a dia pode ser uma grande armadilha para a saúde financeira da sua empresa. Com dados atualizados você consegue ter um maior controle e antecipar gastos.

5 – Não misture contas da empresa com pessoais – Para o dono da empresa, o hábito de misturar contas pode ser muito perigoso para a saúde financeira do seu negócio. Isso para não falar do risco de ser pego no fisco. Saques feitos sem lastro, como antecipações, se não registradas adequadamente pela contabilidade, correm o risco de se transformar em dor de cabeça. A Receita desenvolve cada vez mais mecanismos para monitorar as movimentações de CPF e CNPJ.

Lembre-se do conceito de pró-labore, ou aquele valor fixo que você deve retirar da empresa, assim como qualquer outro funcionário. Isso evita que você recorra à conta da empresa para atender suas próprias necessidades com saques fora do previsto. Uma segunda solução seria a participação dos lucros, que pode ser trimestral, quadrimestral, semestral ou anual.

O ideal é que seja anual. Isso porque o lucro pode ser cíclico, assim como o prejuízo. Se a empresa obtém lucro em um trimestre, por exemplo, e prejuízo no seguinte, se os sócios retiraram participação nos lucros, isso pode gerar problemas de liquidez e fluxo de caixa.No site (https://www.razonet.com.br/#simulador) é possível fazer a simulação para visualizar a economia da mudança para a contabilidade digital.

Fonte: (http://razonet.com.br).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0 Shares
Share via
Copy link
Powered by Social Snap