Livros em Revista 07 a 09/03/2020

O Pedido de Desculpas

  • Save

Eve Ensler – Pensamento Cultrix – Vitoriosa dramaturga, eficiente ativista pelos direitos da mulher, particularmente no que tange à violência sob qualquer hipótese, criou uma carta de pedido de desculpas, que deveria ser enviada a ela por seu pai. Nela, “ele” relata como deixou-se levar pelo impulso de violar seu inocente corpo, aos 05 anos. Os detalhes são impressionantes. Realmente chocantes, todavia, sua pena sutil, sem ódio, consegue demonstrar o que aconteceu, dando ao leitor (a) uma ideia e alerta, de que tais ocorrências podem acontecer em qualquer lugar e momento. Lamentavelmente é uma triste e dolorosa realidade. Comoventemente chocante!

Todas as Mulheres dos Presidentes: A história pouco conhecida das primeiras-damas do Brasil desde o início da República

  • Save

Ciça Guedes & Murilo Fiuza de Melo – Máquina – Com título auto explicativo os dois experientes jornalistas foram fundo à cata de informações verídicas. Os dois, literalmente saem da curva e da mesmice quando se trata de dados históricos. Salpicaram suas páginas com descontraídas, contudo verdadeiras menções. Os dados curiosos recebem destaque. O interessante da obra é que lemos com ritmo de encantamento. Há depoimentos incríveis, mesclados com amor, dor, euforia, traições, sujeições e superação. De valor histórico inestimável, sem ser feminista, lança louvores à sempre eficiente e necessária mulher. Oportuno!!

Quando o Dia Amanhece

  • Save

Ana Rabello – Autografia – Um drama complicado, intrincado e ao mesmo tempo, envolvendo duas histórias de pessoas divididas pelo tempo e espaço. Homem volta de um coma de quase vinte anos. Recupera sentidos e apesar de estar bem amparado fisicamente, psicológica e amorosamente não. Inicia-se um cipoal de situações tensas e muito complicadas, pois, envolve um passado e presente de duas famílias. Um final absolutamente inesperado. Bom!

Alma Mater

  • Save

Cindy Stockler – Letras do Pensamento – Autora advogada criou romance envolvendo uma Paulicéia do início do século XX, com seus costumes europeus, a moda predominantemente parisiense, a Faculdade de Direito do largo de São Francisco, na qual autora bacharelou-se, e muito mais. Tudo muito bem contextualizado entre um paulista que viajou à capital federal no Rio de Janeiro para acompanhar processos judiciais e que conheceu uma jovem que mudaria seu rumo para sempre. Gostoso!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0 Shares
Share via
Copy link
Powered by Social Snap