Estágio é a porta de entrada para o mercado profissional

Carlos Henrique Mencaci (*)

O estágio é o melhor meio para inserção de brasileiros no mercado de trabalho.

Quem está em busca de talentos para integrar as equipes deve se conscientizar sobre os benefícios desse tipo de contratação. Afinal, há um grande saldo positivo em apostar nessa mão de obra para superar dificuldades e deixar a crise para trás. Quem exerce essa função tem diversos ganhos para a carreira e, consequentemente, para o futuro.

Isso porque é uma chance incrível para experimentar, na prática, os conceitos da profissão e ir construindo os primeiros passos da sua trajetória. A Lei 11.788/2008 estabelece como regra: só pode estagiar quem está matriculado e frequentando uma instituição de ensino médio, técnico, superior ou nos dois anos finais do nível fundamental pelo EJA – Educação de Jovens e Adultos.

Assim, os colaboradores admitidos nessa modalidade podem unir o conteúdo aplicado em sala de aula com a realidade corporativa. A carga horária a ser cumprida diariamente é de, no máximo, seis horas. Na semana, o limite é de 30h. Essa medida é tomada para o indivíduo ser capaz de aproveitar o melhor dos dois mundos: acadêmico e profissional.

A entidade contratante também obtém diversas vantagens, pois recruta pessoas com garra, determinação, proatividade e muita energia para aprender e fazer a diferença nos times. Como a modalidade não gera vínculo empregatício, outro ponto interessante é a isenção do pagamento dos encargos trabalhistas como FGTS, INSS, 13º salário, ? sobre férias e verbas rescisórias.

São 17,2 milhões de brasileiros aptos a concorrerem a vagas desse estilo, de acordo com levantamento Inep/MEC. Contudo, segundo a Abres, apenas 900 mil conseguem, de fato, uma oportunidade. Logo, a concorrência é grande, mas esse não deve ser motivo de desânimo, afinal, estamos trabalhando constantemente para reverter esse quadro.

O cenário é desafiador e os jovens enfrentaram o grande impacto da crise causada pela pandemia. Contudo, há motivos para se animar, afinal, o país está reaquecendo a economia. Com isso, organizações de todos os setores e regiões voltaram com o otimismo e o momento é propício para os estudantes em busca de uma colocação conquistarem seu espaço no mercado.

Agentes de integração associados são sempre a melhor aposta. Afinal, são entidades responsáveis por realizar o intermédio entre o estagiário, a instituição de ensino e a contratante. A Abres – Associação Brasileira de Estágios é a instituição responsável por unir empresas com essa atuação em prol de levar o estágio para todos alunos de escolas e faculdades. Contar com o auxílio dos nossos associados para encontrar oportunidades é uma boa aposta.

Acreditar na força do estagiário é, inclusive, uma atitude empreendedora. A companhia adquire talentos a serem lapidados com bastante potencial, garantindo crescimento para seus resultados. Por outro lado, ganha o Brasil: incentivamos a capacitação dessa parcela da população, favorecendo um futuro próspero para a sociedade e à economia!

(*) – É presidente da Abres – Associação Brasileira de Estágios (www.abres.org.br).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0 Shares
Share via
Copy link
Powered by Social Snap