Conheça os 10 problemas mais comuns em celulares

Os smartphones apresentam inúmeras facilidades e o fato é que as pessoas não conseguem ficar sem eles. No entanto, quem nunca teve um problema com o celular seja por danos físicos ou problemas no sistema operacional do aparelho.

A Digivida – empresa especializada em manutenção e conserto de smartphones – listou os 10 principais defeitos nos aparelhos e explica algumas formas de evitá-los ou resolvê-los. Confira as dicas:

1) Higienização de Celular
Usar pano que não solte fiapos ou papel guardanapo e álcool isopropilico na concentração 70%, que é o mais recomendado pelos fabricantes. Remova a capa ou algum outro item que esteja anexado ao aparelho, aplique o álcool diretamente no pano ou papel (sem excessos e nunca direto no aparelho) e faça a higienização de todos os lados do aparelho bem como no conector de carga. Alerta: nunca deixe escorrer álcool no aparelho porque o produto pode penetrar danificando tela e outros componentes.

2) Se o celular cair na água basta colocá-lo dentro do pote com arroz.
Colocar o celular no pote de arroz é mito! Sabemos que no momento de desespero tudo é válido, mas apesar de ter propriedades absorventes, o arroz não é capaz de absorver a quantidade de água no aparelho. O ideal é desligar o aparelho imediatamente, manter o aparelho na posição vertical (para a água ir escorrendo naturalmente) e levar para um especialista. Se nesta hora, manter o aparelho ligado, possivelmente o resíduo de água poderá causar um curto na placa principal do aparelho ou em algum outro componente.

3 Se o celular molhar posso secá-lo usando um secador de cabelo?
Não é recomendado usar secadores de cabelo para remover a água que penetrou no celular. Quando aplicamos ar quente no local sem saber a temperatura e o tempo de exposição ao calor alguns componentes podem ser danificados.

4) Posso levar o celular para banheiro enquanto tomo banho?
Como hoje em dia estamos sempre com o telefone é comum levar o celular para o banheiro, mas o vapor do chuveiro pode acumular no aparelho, causando oxidação. É o mesmo efeito de cair na água, mas ocorre gradativamente.

5) Aparelho não carrega.
Existem vários fatores que podem impedir o correto carregamento do aparelho, mas na maioria das vezes acontece pelo acúmulo de sujeira compactado dentro do conector. Esse pó do dia a dia ou lã das roupas – quando deixamos o celular no bolso- entra e quando colocamos o cabo para carregar prensamos essa poeira, até o ponto dos conectores não encostarem corretamente evitando a recarga.

6) O aparelho desligou e não liga mais. O que fazer?
Quando o aparelho não liga pode ser algum problema na bateria, às vezes no carregador ou em algum componente da placa. Existe também a possibilidade do celular estar com o software desatualizado, impedindo que haja o carregamento das informações para o uso. Em ambos os caso somente um especialista poderá dizer ao certo e fazer o reparo adequando para garantir a integridade e o funcionamento do seu smartphone.

7) Superaquecimento
Com o uso excessivo, é comum que a temperatura ultrapasse o limite ideal e o celular apresente algum defeito. Usar um mesmo aplicativo, por exemplo, por muito tempo pode aquecer o aparelho. O aquecimento pode ser causado por algum dano ocorrido após uma queda ou quando a bateria chega ao final de sua vida útil. Aquecimento excessivo não é um bom sinal. Se o celular esquentar muito pode desligar sozinho ou, dependendo do caso, até explodir a bateria.

8) Aplicativos que travam
Às vezes não abrem, param do nada, não atualizam e até reiniciam o aparelho. É neste momento que a pessoa pensa: meu aparelho está com vírus, Será? Nem sempre! Normalmente a falta de atualização do Sistema operacional dos celulares (Android e iOS) faz com que haja travamentos. Outra situação comum é a dos aplicativos travarem porque o aparelho está com pouca memória interna e não há espaço para executar determinada tarefa. Para evitar situações como essa é recomendado instalar somente o que for necessário e manter o aparelho sempre atualizado. Essas atualizações corrigem possíveis bugs e problemas no carregamento.

9) Problemas na tela
As telas de Touch Screen (telas sensíveis ao toque) estão entre os maiores avanços das últimas décadas. No entanto, são bastante frágeis e qualquer pancada ou queda um pouco mais forte é suficiente para danificar a tela e o sistema. Roupas com bolsos rasos são um perigo. Normalmente as telas são compostas por duas partes: O LCD (onde vemos a imagem) e o touch (parte de vidro) na qual interagimos com o aparelho. Dependendo da queda apenas uma delas pode estar danificada ou então ambas. Para cada caso são recomendadas diferentes ações como troca da tela completa ou somente a troca do vidro.

10) A bateria do celular descarrega muito rápido
Quando a bateria descarrega mais de 20% em menos de uma hora é sinal de que algo está errado. Ela pode estar no final de sua vida útil, que é medida por ciclos. Quando completamos um processo de carga e descarga, completamos um ciclo. Ao final de alguns ciclos é requerida a troca da bateria. Na maioria dos casos é necessária a troca de bateria do aparelho, que não dura quase nada mais, ou às vezes pode ser algo consumindo a energia excessivamente, como por exemplo, algum aplicativo ou dano na placa do aparelho.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

0 Shares
Share via
Copy link
Powered by Social Snap