118 views 4 mins

Por onde começar: dicas para investir no mercado de ações

em Mercado
quarta-feira, 19 de janeiro de 2022

O interesse no mercado de investimentos cresceu nos últimos tempos. “A popularização de criadores de conteúdo que falam sobre o mercado financeiro fez muita gente ir atrás de empresas que oferecem consultoria no mercado de ações”, explica o educador financeiro Tiago Cespe, fundador da Cespe Investimento. Para ajudar quem quer entrar no mercado de ações mas ainda possui algumas dúvidas sobre o assunto, Tiago explica alguns tópicos que podem ser importantes no momento de se tornar um investidor, confira:

. Coloque tudo no papel – Mais importante do que saber com quanto começar e por onde, é traçar um plano de investimento e saber aonde você quer chegar. Portanto, é importante verificar quais são os gastos desnecessários que você possui na sua rotina e guardar esse valor pensando no futuro, qual é o seu objetivo e suas metas, quanto você pretende investir, enfim, se programar antes para evitar perdas.

. Procure um profissional qualificado – A internet democratizou o acesso ao universo do mercado de ações. Graças aos portais que falam sobre o assunto e aos criadores de conteúdo, muita gente ficou interessada em investir. Porém, antes de aplicar o dinheiro tendo apenas como base o que viu em algum canal ou perfil de rede social, é importante procurar o auxílio de um profissional qualificado.

. Com quanto posso começar a investir? – Não existe uma resposta correta sobre quanto começar a investir. Aliás, o mundo dos investimentos nunca foi tão democrático quanto é agora. Investindo aos poucos e regularmente, mesmo que uma quantia pequena, os recursos vão aumentando com o passar do tempo. Aliás, esse é o objetivo principal dos investimentos.

. Por onde devo começar? – Investimentos em Renda Fixa são boas indicações para quem está começando. Essa é a modalidade de investimento que costuma ser mais procurada por investidores que buscam mais segurança e rendimento estáveis. Se você não tiver nenhuma reserva de emergência, é o tipo de investimento mais recomendável. O termo renda fixa possui esse nome justamente por ter uma rentabilidade previsível, data de vencimento, prazo de carência e valor mínimo definidos no momento da aplicação.

. Abra uma conta em uma corretora – A responsável por fazer a união do mercado de ações com os investidores são as corretoras de valores. Para quem pretende investir na bolsa de valores, é preciso abrir uma conta em uma corretora. É através dela que o investidor vai executar a compra e venda das ações, seja por telefone ou internet. Existem diversas corretoras de valores no Brasil, então é bom pesquisar cada uma e ver quais são as características e os diferenciais oferecidos por elas para ver se está dentro do perfil que você busca.

. Investimento de curto e longo prazo – Antes de investir no mercado de ações, é bom saber que existe uma diferença entre um investimento de curto e longo prazo. Se o objetivo é ter um retorno financeiro o mais rápido possível, o ideal é o investimento de curto prazo, que geram retorno de até dois anos.

Já as aplicações de longo prazo, são ideais para quem busca uma aposentadoria tranquila e independência financeira no futuro, já que perduram por mais de dois anos ou até o profissional se aposentar. – Fonte e outras informações: (https://cespeinvestimentos.com.br/).