Melhoria contínua para médias empresas do ramo alimentício

Atestar a qualidade dos alimentos oferecidos à população sempre foi um desafio para as pequenas e médias empresas, que se tornou ainda maior durante a pandemia e as mudanças provocadas pelo novo modelo de consumo, representado pelo aumento de 46,7% na quantidade de empresas de delivery, e pelas características que os alimentos precisam adotar para serem consumidos fora dos restaurantes.

Neste contexto, o Programa IFS Global Markets surge como uma alternativa eficiente e de baixo custo para o setor, uma vez que instaura um processo de melhoria contínua, proporcionando maior credibilidade ao produto, um diferencial em meio a grande concorrência que o setor vem observando, com crescimento de 12,8% na indústria segundo dados da Associação Brasileira da Indústria de Alimentos (ABIA).

Desenvolvido em 2008 pelos integrantes da Global Food Safety Initiative
(em português: Iniciativa Global de Segurança Alimentar), entidade que possui o objetivo de supervisionar os padrões de segurança alimentar para empresas e ajudar a fornecer acesso a alimentos seguros para pessoas em todos os lugares –, o programa certifica 1872 empresas ao redor do mundo e 356 no Brasil, segundo dados de 2020 da International Featured Standards (IFS).

També, assegura a comparabilidade e transparência ao longo de toda a cadeia de abastecimento, reduzindo custos e tempo para o fabricante de alimentos, e aos seus parceiros de negócio, requisitos essenciais para os, cada vez mais exigentes, consumidores e negociantes.

O Programa IFS Global Markets também estabelece os primeiros passos para uma implementação da Norma IFS Alimentos, certificação de nível internacional. Começa por uma autoavaliação, ou avaliação realizada por uma entidade certificadora, passa pelo nível básico, seguido pelo intermediário e, por fim, caso seja aplicável aquela empresa, a certificação baseada na norma, sendo possível pular etapas dependendo do resultado da avaliação.

“Chegará um momento que o investimento no Programa IFS Global Markets será inevitável, e pensar nessa possibilidade agora é sair na frente”, aponta a diretora-executiva da Apcer Brasil, Alessandra Gaspar. “Não há nada que importe mais que segurança e qualidade quando falamos de alimentos, e esse Programa fornece essa garantia aos consumidores e negociantes”, conclui. – Fonte e mais informações: (www.apcergroup.com).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

0 Shares
Share via
Copy link
Powered by Social Snap