91 views 54 secs

Indústria Paulista gerou 6,5 mil postos de trabalho

em Manchete
quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017
Daniel Teixeira/Estadão

Daniel Teixeira/Estadão

Paulo Skaf, presidente da Fiesp e do Ciesp.

Depois de perder 518 mil postos de trabalho nos últimos três anos, a indústria paulista registrou saldo positivo de 6,5 mil vagas de emprego em janeiro, variação positiva de 0,31% na comparação com dezembro de 2016, sem ajuste sazonal. Na comparação com o mês anterior, com ajuste sazonal, o valor foi -0,24%.
O resultado positivo do mês é o primeiro desde abril de 2015, quando foram feitas 6 mil contratações. Já na análise de janeiro deste ano contra o mesmo mês do ano anterior, a variação ficou negativa em 5,73%, com demissão de 132 mil trabalhadores. Os dados são da Pesquisa de Nível de Emprego do Estado de São Paulo, feita pelo Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos (Depecon) da Fiesp e do Ciesp, divulgada ontem (16).
O diretor titular do Depecon, Paulo Francini, espera que esse seja um sinal de recuperação. Para Paulo Skaf, presidente da Fiesp e do Ciesp, “embora os sinais ainda sejam tênues, temos que comemorar o primeiro mês com geração de emprego depois de 20 meses de movimento negativo”.
O destaque setorial ficou por conta do segmento de produtos de borracha e de material plástico, com aumento de 1.969 vagas, e o de confecção de artigos de vestuários e acessórios, que gerou 1.742 postos (ABr).