Como se destacar em nichos ainda não explorados no mercado digital

Paulo Roberto Schwarz (*)

Se perguntarmos o que não será vendido pela Internet a resposta será: tudo será vendido pela Internet. O que acontece é que alguns mercados ainda não foram totalmente explorados online. Desconhecimento de canais de vendas digitais para o consumidor, oportunidades de negócio para o empreendedor. São aquilo que chamamos de novos nichos no mercado digital, que representam uma ocasião favorável para satisfazer as necessidades e desejos de um menor grupo de pessoas dentro de um segmento em específico.

Tal estratégia é extremamente válida, primeiro, pelo fato da concorrência. Se um empresário decide estruturar um e-commerce de roupas, com quantos outros e-commerces ele irá competir? Além dos grandes marketplaces, irá encontrar em seu caminho sites menores, mas muito mais estruturados e munidos de toda a experiência que o mercado oferece com o tempo. Agora, caso esse mesmo empresário estruture sua loja online para ser especializada apenas nas vendas de camisetas com estampas de animais, com quantos outros ele irá concorrer?

A grande verdade é que seja o que for que você venda pela Internet sempre terá alguém disposto para comprar. Basta saber como vender, e, principalmente, chegar até essa pessoa. Se antes as vendas online já eram uma realidade, no período pandêmico elas cresceram ainda mais. Estamos vivendo um período de digitalização a fórceps e essa chegou tanto para as empresas quanto também para o consumidor. Aos poucos, há uma mudança cultural acontecendo no cotidiano das pessoas e comprar ou vender produtos pela internet se torna algo cada vez mais comum.

Com esse aumento de vendas online, tenha certeza, é questão de tempo para aquele produto que ainda não foi comercializado digitalmente ser vendido online. E quando esse estiver disponível na Internet, pode ter certeza que aí há também uma oportunidade imensa de lucro para essa empresa. Agora, como realizar essas vendas? Assim como nas vendas físicas é necessário a excelência e uma maestria profissional para realiza-las de modo exponencial.

O primeiro passo é conhecer bem o produto que você vai vender. Faça algo dentro do mercado que já conhece. Vender algo a distância é também encontrar novos desafios. Quanto mais experiência você possui na venda do produto de forma presencial, melhor para superar novas empreitadas. O segundo passo é a pesquisa. A Internet não possibilita apenas as vendas, mas também uma grande oportunidade para realizar pesquisas e entrar em contato com informações que antes não seriam de fácil acesso.

Lembre-se: se você tem uma ideia nova, ou disruptiva, possivelmente não irá encontrar informações dessa ideia em seu país, por isso use e abuse de pesquisas em sites internacionais. Existem diversas ferramentas de tradução que são de simples usabilidade. Toda as ferramentas que você precisa estão à sua frente, e o melhor, de forma gratuita. Nessa etapa, o que é exigido do empreendedor é um olhar apurado e persistência.

O terceiro passo é chegar ao seu público. E isso não é somente na comunicação e marketing, mas sim também na usabilidade da plataforma. Busque criar uma plataforma simples. De fácil acesso. Deixe o botão de comprar sempre visível. Simplifique o processo de compra. Se necessário, faça parcerias com marketplaces.

Depois, lembre-se da regra número 1 para aqueles que querem vender online: seja facilmente encontrado. Organize o SEO do seu site. Mantenha suas redes sociais com publicações constantes. Converse com o seu público. Esse processo deve ter um aprimoramento constante, no qual sempre deve ser renovado com excelentes doses de visão e criatividade. Em suma, a Internet é um meio inevitável e não só atingirá todas as pessoas como também irá atingir todo tipo de produto.

É preciso parar e pensar como serão estruturadas as vendas, a plataforma na qual serão realizadas as vendas, a estratégia de comunicação com o público, a marca, a logística para entrega do produto, entre outros pontos. Porém, é preciso ter certeza de que mais cedo ou mais tarde alguém irá fazer as vendas de um produto nunca antes explorado digitalmente. Então, por que essa pessoa não pode ser você?

(*) – Formado em Administração de empresas pela UNERJ, MBA em Finanças, Auditoria e Controladoria pela FGV e Pós Graduação em Varejo pela UNERJr do Sebrae, é fundador da Parafuso Fácil.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0 Shares
Share via
Copy link
Powered by Social Snap