Lazer e Cultura 28/10/2015

Ensaio teatral “Répétition”

Cena do espetáculo “Répétition”.
  • Save

Com direção de Walter Lima Jr o espetáculo “Répétition” de Flávio de Souza apresenta uma discussão sobre a experiência teatral. Os atores Paulo Serra, Tatianna Trinxet e Alex Nader vivem dois papéis cada e propõem uma instigante brincadeira entre realidade e ficção. A montagem mostra um ensaio teatral em que as constantes repetições de cenas oferecem ao espectador descobertas e explicações sobre o trio de atores que vivem, ao mesmo tempo, seus personagens e seus conflitos pessoais.

Serviço: Teatro Folha, Av. Higienópolis, 618, Higienópolis, tel. 3823-2323. Sextas às 21h30 e sábados e domingos às 20h. Ingressos: de R$ 30 a R$ 60. Até 20/12.

REFLEXÃO

NA VIA PÚBLICA.

A rua é um departamento importante da escola do mundo, onde cada criatura pode ensinar e aprender. Encontrando amigos ou simples conhecidos, tome a iniciativa da saudação, usando cordialidade e carinho sem excesso. Caminhe em seu passo natural ou dentro da movimentação que se faça precisa, como se deve igualmente viver: sem atropelar os outros. Se você está num coletivo, acomodo-se de maneira a não incomodar os vizinhos. Se você está de carro, por mais inquietação ou mais pressa, atenda às leis do trânsito e aos princípios do respeito ao próximo, imunizando-se contra males suscetíveis de lhe amargurarem por longo tempo. Recebendo as saudações de alguém, responda com espontaneidade e cortesia. Não tenha companheiros na vida pública, absorvendo-lhes tempo e atenção com assuntos adiáveis para momento oportuno. Ante a abordagem dessa ou daquela pessoa, pratique a bondade e a gentileza, conquanto a pressa, freqüentemente, esteja em suas cogitações. Em meio às maiores exigências de serviço, é possível falar com serenidade e compreensão, ainda mesmo por um simples minuto. Rogando um favor, faça isso de modo digno, evitando assovios, brincadeiras de mau gosto ou frases desrespeitosas, na certeza de que os outros estimam ser tratados com o acatamento que reclamamos para nós. Você não precisa dedicar-se à conversação inconveniente, mas se alguém desenvolve assunto indesejável é possível escutar com tolerância e bondade, sem ferir o interlocutor. Pessoa alguma, em sã consciência, tem a obrigação de compartilhar perturbações ou conflitos de rua. Perante alguém que surja enfermo ou acidentado, coloquemo-nos, em pensamento, no lugar difícil desse alguém e providenciemos o socorro possível. Livro Sinal Verde – F.C. Xavier.

Intimista

Frejat
  • Save

O cantor e compositor Frejat fará dois shows diferentes daquele que está acostumado a levar para todo o Brasil. No lugar da guitarra e de toda a energia rock’n’roll dele e da banda que o acompanha há anos, Frejat sobe ao palco da casa munido apenas de sua voz e de seu violão para uma apresentação mais próxima do público. Frejat preparou um repertório formado por sucessos da sua trajetória artística, e também por músicas de artistas que ele sempre gostou de ouvir. Como ele próprio define, “a ideia é fazer um show intimista tocando minhas músicas, algumas delas sucessos e outras que não toco há muitos anos.”

Serviço: Teatro J. Safra, R. Josef Kryss, 318, Barra Funda, tel. 3611-3042. Sábado (31) às 22h30. Ingressos: a partir de R$ 80.

Rap

O grupo de rap Elo da Corrente traz um show inteiramente baseado no acervo da Missão de Pesquisas Folclóricas de Mário de Andrade, recriando o material recolhido durante a viagem pelo Norte e Nordeste do Brasil, em 1938, que inclui música de raiz, sonoridades de cunho religioso, crendices populares, folclore, entre outras manifestações.

Serviço: Centro Cultural São Paulo, R. Vergueiro, 1000, Paraíso, tel. 3397-4023. Quinta (29) às 20h30. Entrada franca.

“IRMÃOS, IRMÃOS… NEGÓCIOS À PARTE!”

O espetáculo “Irmãos, irmãos… Negócios à parte!” narra a história de Dárcio (Flávio Guarnieri) e Dilson (Paulo Guarnieri), dois irmãos que, até então, não sabem um da existência do outro. Dilson mora em São Paulo, capital, enquanto Dárcio vive numa fazenda no interior. Os dois só vão descobrir o parentesco quando o pai de ambos morre e deixa em testamento o desejo de ser enterrado na fazenda. A fim de cumprir o desejo do pai, Dilson parte em direção ao interior. Quando finalmente encontra o irmão e comunica a notícia, uma chuva torrencial os deixa presos enquanto aguardam a chegada do corpo. Durante esse tempo os irmãos convivem com suas diferenças e o desconhecimento mútuo da vida um do outro. Esta é a primeira vez que os irmãos, filhos do ator Gianfrancesco Guarnieri (falecido em 2006) voltam a atuar juntos, depois de 16 anos.

Serviço: Teatro Gazeta, Av. Paulista, 900, Cerqueira César, tel. 3253-4102. Sábados às 18h e domingos às 20h. Ingresso: R$ 40. Até 08/11.

Therezinha

Gabriela Cerqueira
  • Save

Baseada nos escritos da freira carmelita Thérèse de Lisieux, a peça “Therezinha” faz uma radiografia do dilema do homem moderno a partir do conflito entre a razão e a fé. Essa que não privilegia a dimensão puramente religiosa, mas a dimensão humana dessa jovem mulher que no final do século XIX vivenciou as questões e contradições que marcariam o século XX e a pós-modernidade. A atriz Gabriela Cerqueira, interpreta uma jovem atriz em um palco vazio na contemporaneidade, ao mesmo tempo em que sua dualidade dialoga com o papel de uma jovem freira só, diante do vazio em 1897. A peça busca a descoberta do que essas mulheres de diferentes épocas têm em comum, pois enquanto a freira escreve, a atriz representa, e dessa forma elas dialogam em diferentes tempos, para revelar os aspectos diversos e controvertidos da vida e obra de Thérèse de Lisieux, canonizada santa em 1925. Helder Mariani assina a dramaturgia e encenação.

Serviço: Casa das Rosas, Av. Paulista, 37, Paraíso, tel. 3285-6986. Domingos às 11h. Entrada franca. Até 29/11.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

0 Shares
Share via
Copy link
Powered by Social Snap