137 views 7 mins

Lazer e Cultura 10 a 13/10/2015

em Lazer e Cultura
sexta-feira, 09 de outubro de 2015

Exposição “Doces Sonhos”

A mostra conta com 16 imagens de recém-nascidos capturadas pela publicitária Drika Trevisan.

A exposição reúne trabalhos de Drika Trevisan, especializada em fotografar recém-nascidos. O newborn é um estilo mundialmente conhecido no qual o bebê é fotografado em seus primeiros dias de vida, normalmente enquanto dorme, e envolve uma série de elementos e acessórios que compõem o cenário e conferem ao registro um toque inusitado, delicado e poético. A mostra conta com 16 imagens de recém-nascidos capturadas pela publicitária natural de Santo André. Além da técnica fotográfica, este tipo de trabalho realizado por Drika exige extrema delicadeza e habilidade específica

Serviço: Shopping Santo Andre, R. Giovanni Battista Pirelli, 155, Vila Homero Thon, Centro, Santo André, tel. 3135-4500. De segunda a sábado das 10h às 22h e aos domingos das 14h às 18h. Entrada franca.

REFLEXÃO

DIANTE DA JUSTIÇA.

“…Se a vossa justiça não exceder a dos escribas e fariseus, de modo nenhum entrareis no reino dos céus”. – Jesus. (Mateus, 5:20.) Escribas e fariseus assumiam atitudes na pauta da Lei Antiga. Olho por olho, dente por dente. Atacados, devolviam insulto. Perseguidos, revidavam, cruéis. Com Jesus, porém, a justiça fez-se a virtude de conferir a cada qual o que lhe compete, segundo a melhor consciência. Ele mesmo começou por aplica-la a si próprio. Enredado nas trevas pela imprudência de Judas, não endossa condenação ou desforço. Abençoa-o e segue adiante, na certeza de que o amigo inconstante já carregava, consigo mesmo, infortúnio suficiente para chorar. Ainda assim, porque o Mestre nos haja ensinado o amor sem lindes, isso não significa que os discípulos do Evangelho devam caminhar sem justiça, na esfera das próprias lutas. Apenas é forçoso considerar que, no padrão de Jesus, a justiça não agrava os problemas do devedor, reconhecendo-lhe, ao invés disso, as necessidades que o recomendam à compaixão, sem furtar-lhe as possibilidades de reajuste. Se ofensas, pois, caírem-te na alma, compadece-te do agressor e prossegue à frente, dando ao mundo e à vida o melhor que possas. Aos que tombam na estrada, basta o ferimento da queda; e aos que fazem o mal, chega o fogo do remorso a comburir-lhes o coração. Livro Palavras de Vida Eterna – F.C. Xavier

Inéditas

A cantora Suzana Salles e o violonista e compositor Pepê Mata Machado.

O encontro musical “Jogos da Noite#1”, traz ao palco a cantora Suzana Salles e o violonista e compositor Pepê Mata Machado. Suzana e Pepê se apresentam acompanhada pelos músicos Sérgio Reze (bateria e percussão) e Filipe Massumi (violão). O show traz um repertório com composições inéditas de Pepê a partir de ícones da poesia brasileira como Cruz e Souza (1861-1898), Alphonsus de Guimaraens (1870-1921), José Albano (1888-1923), Eduardo Guimarães (1892-1928), Casimiro de Abreu (1839-1860), entre outros que nascidos na sua maior parte entre os anos 60 e 80 do século XIX, fizeram parte do movimento simbolista.

Serviço: Teatro de Arena, Eugênio Kusnet, R. Teodoro Baima, 94, tel. 3256-9463. Sábados (17 e 24) e domingo (25) às 21h. Ingressos: R$ 20 e R$ 10 (meia).

Corporal

O grupo Barbatuques, referência internacional em música corporal, apresentará seu novo trabalho: Ayú. Palavra que, para o grupo, tem significação na sonoridade. O disco trás participações especiais de Naná Vasconcelos e Hermeto Pascoal. No repertório, composições inéditas do grupo construídas em diferentes formatos: com canções e músicas “instrumentais” que exploram a fonética, assim como aspectos rítmicos, harmônicos e melódicos. A variedade de compositores atuante entre os quinze integrantes traz cores e pluralidade para o disco.

Serviço: Sesc Pinheiros (Teatro Paulo Autran), R. Paes Leme, 195, Pinheiros, tel. 3095-9400. Sábado (10) às 21h e domingo (11) às 18h. Ingressos: R$ 30 e R$ 15 (meia).

Comédia “Deixa Solto”

Marcos Mion e Fernando Ceylão

Em ritmo frenético, os atores se revezam em mais de trinta personagens, e várias esquetes sobre temas como: relacionamentos, vício em celular, violência urbana, mentira e os preconceitos na comédia “Deixa Solto”. Entre os esquetes, os atores trocam pequenos diálogos que pontuam os temas apresentados. A rapidez do twitter, o formato cáustico e conceitual dos esquetes do youtube, o frescor formal dos grupos de improviso são transportados para o palco, sem deixar de lado a precisão necessária para que o espetáculo aconteça. Como é impossível qualquer troca de roupa ou cenário, ao longo do espetáculo cada um dos módulos espalhados pelo palco vão se transformando em portas de loja de shopping, penhasco, consultório de psicanálise, supermercado, ruas da cidade, apartamentos, boates ou o que mais a cena pedir. E os dois atores mergulham tão ferozmente nos personagens que, com poucos minutos, você já esqueceu que eles usam o mesmo terno o tempo todo. Com Marcos Mion e Fernando Ceylão.

Serviço: Teatro Itália, Av. Ipiranga, 344, República, tel. 3255-1979. Sextas e sábado às 21h30 e domingos às 18h. Ingresso: R$ 80. Até 29/11.

Espetáculo “Pulsões”

Com pitadas de teatro, dança e música, o espetáculo “Pulsões”, de Dib Carneiro Neto explora, de maneira delicada, um relacionamento de amor e loucura entre uma bailarina psicótica e um maestro. Ameaçados pela falta de memória, os dois tentam se curar a partir do amor e da dança.

Serviço: Teatro Sérgio Cardoso, R. Rui Barbosa, 153, Bela Vista. Ingressos: Sábados e domingos às 20h. Sexta-feira: R$ 30 e R$ 15 (meia), sábados e domingos: R$ 60 e R$ 30 (meia). Até 18/10.