Lazer e Cultura 04/11/2016

Ser velho

Paprica
  • Save

Além de dirigir, Jarbas Homem de Mello está no elenco da comédia musical “Forever Young”, escrita pelo suíço Erik Gedeon

Mello, o pianista Miguel Briamonte e os atores Claudia Ohana, Carmo Dalla Vecchia, Paula Capovilla e Marcos Tumura representam a si mesmos em 2050. Quase centenários, vivem em um retiro de artistas sob os cuidados de uma enfermeira hilária, Fafy Siqueira. Cada qual carrega como pode os problemas típicos da velhice: a memória falha, a tosse não dá trégua, a perna dói… Mas nada disso parece um fardo. O ponto alto, contudo, é o talento vocal do elenco.

Serviço: Theatro NET São Paulo (Shopping Vila Olímpia), R. Olimpíadas, 360, Vila Olímpia, tel. 3439-9312. Sexta e sábado 21h; domingo 18h. Ingressos: R$ 50, R$ 90 e R$ 100. Até 18/12.

REFLEXÃO

DISCERNIR E CORRIGIR: “… com o critério com que julgardes sereis julgados; e com a medida com que tiverdes medido vos medirão também”. – Jesus. (Mateus, 7:2.). Viste o companheiro em necessidade e comentaste-lhe a posição… Possuía ele recursos expressivos e, talvez por imprevidência, caiu em penúria dolorosa… Usufrui conhecimentos superiores e feriu-te a sensibilidade por arrojar-se em terríveis despenhadeiros do coração que, às vezes, os últimos dos menos instruídos conseguem facilmente evitar… Detinha oportunidades de melhoria, com as quais milhares de criaturas sonham debalde e procedeu impensadamente, qual se não retivesse as vantagens que lhe brilham nas mãos… Desfruta ambiente distinto, capaz de guinda-los às alturas e prefere desconhecer as circunstâncias que o favorecem, mergulhando-se na sombra das atitudes negativas… Matinha valiosas possibilidades de elevação espiritual, no levantamento de apostolados sublimes, e emaranhou-se em tramas obsessivas que lhe exaurem as forças… Tudo isso, realmente, podes observar e referir. Entra, porém, na esfera do próprio entendimento e capacita-te de que te não é possível à imediata penetração no campo das causas. Ignoramos qual teria sido o nosso comportamento na trilha do companheiro em dificuldade, com a soma dos problemas que lhe pesam no espírito. Não te permitas, assim, pensar ou agir, diante dele, sem que a fraternidade te comande as definições. Ainda mesmo no esclarecimento absoluto que, em casos numerosos, reclama austeridade sobre nós mesmos, é possível propiciar o remédio da fraqueza a doentes da alma pelo veículo da compaixão, como se administra piedosamente à cirurgia aos acidentados. Se conseguimos discernir o bem do mal, é que já conhecemos o mal e o bem, e se o Senhor nos permite identificar as necessidades alheias, é porque, de um modo ou de outro, já podemos auxiliar. Livro Palavras de Vida Eterna – F.C. Xavier.

Poesia

‘Inutilezas’
  • Save

Bianca Ramoneda garimpou da obra de Manoel de Barros (1915-2014) os textos usados no delicado roteiro da peça “Inutilezas”. Com o aval do próprio poeta, eles foram reorganizados e transformados na memória de um casal de irmãos que passou a infância em um lugar chamado Lacuna de Gente. Os personagens, interpretados por ela e por Gabriel Braga Nunes, mergulham em um jogo cheio de sutilezas, em que brincam com as palavras para tratar de coisas aparentemente sem importância.

Serviço: Teatro MorumbiShopping, Largo Los Andes, 1089, Jardim das Acácias. Sábado às 20h e domingos às 18h. Ingresso: R$ 60. Até 27/11.

ROMANCE

No texto “Falando de Mulher”, a autora traz ao palco o amor, o romantismo. Um texto aberto que, com as músicas de Chico Buarque, Gil, Tom Jobim, Edu Lobo, Ary Barroso, Menescal, Milton Nascimento, Mario Lago, Zelão, Ivan Lins, Baden e Paulo Cesar Pinheiro, mostra o amor radiografado em seu cotidiano. Coisas que pensamos do outro e que ficam presas em nosso medo, por toda uma vida em comum. A delicadeza se mescla com a aspereza do amor e o faz surgir pleno. Será que sermos felizes juntos é apenas uma questão de sorte? O que resgata o amor? Só há uma saída: ouvir e acreditar quando o outro diz… “quero passar o resto da vida com você”.

Serviço: Teatro Jardim Sul (Shopping Jardim Sul), Av. Giovanni Gronchi, 5.819, Vila Andrade, tel. 2122-4087. Sextas às 21h30. Ingresso: R$ 60. Até 11/11.


 
Vestígios

vestigios temporario
  • Save

“Os Arqueólogos”, espetáculo escrito por Vinicius Calderoni com direção de Rafael Gomes. Na peça, dois locutores esportivos transmitem cenas corriqueiras vistas em uma praça. Pessoas caminham nas ruas, sem se dar conta de que os papeis rabiscados que trazem nos bolsos serão documentos históricos dentro de centenas de anos. Crianças brincam de caça ao tesouro. Um cachorro entra numa igreja, porque a porta estava aberta. Um pai tenta ensinar ao filho como se usa uma câmera fotográfica analógica. Arqueólogos do futuro dialogam sobre os vestígios de estranha civilização, avaliando relíquias recolhidas no início do século XXI. Com Guilherme Magon e Vinicius Calderoni.

Serviço: Viga Espaço Cênico, R. Capote Valente, 1323, Sumaré, tel. 3801-1843. Terças e quartas às 21h. Ingressos: R$ 40 e R$ 20 (meia).

 


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

0 Shares
Share via
Copy link
Powered by Social Snap