81 views 7 mins

Lazer e Cultura 02 a 04/07/2016

em Lazer e Cultura
sexta-feira, 01 de julho de 2016
Sebá Neto

Múltiplas linguagens

Sebá Neto

“Feio” é uma obra criada pelo coletivo Grão, Arte e Cidadania a partir das diferenças de percepção das pessoas surdas e cegas

Adaptado da obra “O Patinho Feio”, de Hans Christian Andersen, conta a história de um alguém que, por ser feio, é rejeitado desde o nascimento por todos os grupos sociais que tem contato e que descobre posteriormente que aquilo que todos repugnavam era apenas o desconhecido, o diferente com sua imensa beleza. A idealização da peça é da dramaturga Cintia Alves, que divide a direção com o bailarino e educador surdo Leonardo Castilho, Feio é um espetáculo de múltiplas linguagens. Utiliza elementos do teatro gestual, dança, LIBRAS, projeções de imagens, tendo a iluminação como principal aliada que transporta o protagonista para diversos cenários, sem o uso da palavra, tentando estabelecer a melhor comunicação com a comunidade surda.

Serviço: SESC Vila Mariana, R. Pelotas, 141, Vila MarianaDomingo às 15h. Ingressos: R$ 17 e R$ 8,50 (meia).Até 10/07.

REFLEXÃO

MODOS DESAGRADÁVEIS
Manejar portas a pancadas ou pontapés.
Arrastar móveis com estrondo sem necessidade.
Censurar os pratos servidos à mesa.
Sentar-se desgovernadamente.
Assoar-se e examinar os resíduos recolhidos no lenço, junto dos outros, esquecendo que isso é mais fácil no banheiro mais próximo.
Bocejar ruidosamente enquanto alguém está com a palavra.
Falar como quem agride.
Efusões afetivas exageradas, em público.
Interromper a conversação alheia.
Não nos esqueçamos de que a gentileza e o respeito, no trato pessoal, também significam caridade.
Livro Sinal Verde – F.C. Xavier.

Reestreia

Cena da peça em Só…Entre Nós.

O triângulo amoroso descrito por Franz Keppler “em Só…Entre Nós” retorna aos palcos em 2 de julho.Dirigido por Joca Andreazza, o espetáculo tem no elenco os atores Marcia Nemer-Jentzsch, Tiago Martelli e Vitor Placca e conta a história de um relacionamento a três vivido entre um professor de música, sua mulher e seu aluno.A peça nasceu após Franz Keppler ter uma noite de inverno na casa de amigos. Regadas a vinho, as longas conversas sobre a vida tinham como fundo a Suíte Número 1, de Bach.

Serviço: CCC, Centro Compartilhado de Criação, R. James Holland, 57, Barra Funda, tel.3392-7485. Sábados às 21h e domingos às 20h. Ingressos: R$ 20 e R$ 10 (meia). Até 24/07.

Encontros

A mostra “Lastro em Campo, percursos ancestrais e cotidianos” reúne instalações, performances, vídeos e objetos de onze artistas brasileiros e um guatemalteco, criados a partir de residências artísticas realizadas no México, Guatemala e Panamá. Foram cinco meses de coleta de material e encontros com artistas e curadores locais, proporcionando parcerias entre agentes de formações culturais heterogêneas e trocas com a cena local, que resultaram na exposição. Entre os artistas que expõem seu material, estão Pedro Victor Brandão, que realizou um projeto na Cidade do Panamá.

Serviço: Sesc Consolação, R. Doutor Vila Nova, 245, Vila Buarque, tel. 3234-3000. De segunda a sexta das 11h30 às 21h30 e sábados das 10h às 18h30. Entrada franca. Até 30/07.

 

Supla

Supla temsproario

Ao lado dos músicos da Banda Supla, o cantor sobe ao palco para o show de comemoração aos seus 30 anos de carreira. No repertório estão presentes novas composições, entre elas, Diga o que Você Pensa e Amor Entre Dois Diferentes, e os sucessos Garota de Berlim, Green Hair (Japa Girl) e Encoleirado, além de alguns covers. Em 08 de julho

Serviço: Auditório Ibirapuera, Av. Pedro Álvares Cabral, Moema, tel. 3629-1075.

Relacionamento

Estreia no próximo dia 6 a adaptação do livro homônimo de Vinícius Márquez, “Amor em 79:05”. A peça apresenta um escritor de meia idade em momentos de solidão, vivenciando o amor em seus múltiplos sentidos. Em pleno momento criativo, o homem imagina seu encontro com um jovem e belo rapaz e relata um cotidiano fictício desse relacionamento homoafetivo. Ele expõe as dificuldades da relação, alternando devaneios, discussões e momentos de ternura. Com Josemir Kowalick e Eduardo Ximenes.

Serviço: Teatro Augusta, R. Augusta, 943, Consolação, tel. 2122-4001. Quartas e quintas às 21h. Ingresso: R$ 30. Até 25/08.

MEMÓRIAS

Com direção de Elias Andreato, o espetáculo Isadora reinventa os últimos dias de Isadora Duncan em Nice, na França, quando ela volta de um conturbado período vivendo na Rússia. É num quarto de hotel que Isadora, interpretada por Melissa Vettore, conhece Henry, participação especial do ator Daniel Dantas, um misterioso e inteligente Editor interessado em publicar seu Livro de Memórias. Com alguns segredos, ele questiona Isadora em um clima de certo suspense e ao mesmo tempo, com humor ácido e sedução. Eles estabelecem um jogo de provocações, que faz Isadora se confrontar com a imagem da artista provocante e libertária, revelando-se uma mulher extremamente humana, solitária e frágil.

Seriço: Auditório MASP Unilever, Av. Paulista, 1578, tel. 3149-5959. Sexta e sábado às 21h e domingo às 19h30. Ingressos: R$ 40 e R$ 20 (meia). Até 31/07.