Geral 30/11/2018

Schumacher está em estado vegetativo, diz arcebispo

Desde que sofreu um grave acidente de esqui em 2013, o ex-piloto Michael Schumacher vive cercado por mistério

Schumacher temproario
  • Save

Georg Gänswein alegou que o ex-piloto apenas ‘sente as pessoas’. Foto: EPA

No entanto o arcebispo alemão Georg Gänswein, prefeito da Casa Pontifícia e secretário pessoal do papa emérito Bento XVI, deu algumas pistas sobre o estado de saúde do heptacampeão mundial de Fórmula 1, em entrevista divulgada na última quarta-feira (28) pelo jornal “Bild”.
O religioso contou ter visitado o ex-piloto em sua residência, na Suíça, em 2016, e afirmou que Schumacher está em estado vegetativo e apenas ‘sente as pessoas ao seu redor’. “Ele consegue sentir as pessoas ao redor dele. Sentei na frente dele, segurei as duas mãos e olhei para ele. Seu rosto é, como todos sabemos, o típico rosto de Michael Schumacher, só está um pouco mais cheio”, explicou Gänswein.
“Ele sente que pessoas amorosas estão ao seu redor, cuidando dele e, graças a Deus, afastando o público curioso demais. Uma pessoa doente precisa de discrição e compreensão. Sua esposa é a alma da família, que é o ninho protetor de que Michael precisa absolutamente”, acrescentou.
A vida de Schumacher mudou em dezembro de 2013, quando ele sofreu um grave acidente enquanto esquiava em uma pista em Méribel, no sul da França. Ele caiu e bateu a cabeça em uma rocha e, desde então, lida com as sequelas da colisão. Quase cinco anos após o acidente, a família do alemão continua optando por manter sob sigilo absoluto seu verdadeiro estado de saúde (ANSA).

Neymar se torna brasileiro com mais gols na Champions

Neymar temproario
  • Save

Atacante do PSG chegou a 31 tentos no jogo diante do Liverpool.  Foto: EPA

Com o gol anotado na partida de quarta-feira (28) contra o Liverpool, o atacante Neymar, do Paris Saint-Germain, superou seu compatriota Kaká e se tornou o brasileiro com mais gols na Liga dos Campeões. O jogador de 26 anos chegou aos 31 tentos marcados na competição, contra 30 do ex-meio-campista do Milan e do Real Madrid. Neymar balançou as redes do torneio 21 vezes pelo Barcelona e 10 pelo PSG.
Na temporada 2014/15, o brasileiro conquistou a Champions pelo clube espanhol, além de ter sido o artilheiro do torneio ao lado de Messi e Cristiano Ronaldo. Vale ressaltar que só foram contabilizados os gols marcados na fase de grupos. O ex-meia-atacante Rivaldo também tem 31 gols no torneio, mas quatro deles foram anotados na fase preliminar.
O gol histórico de Neymar foi muito importante para o PSG, que venceu o Liverpool por 2 a 1 e segue vivo na briga por uma vaga nas oitavas de final da Champions. O clube francês está em segundo lugar no grupo C, com oito pontos, dois a mais que os Reds, e depende apenas de si na última rodada, contra o Estrela Vermelha, na Sérvia, para avançar. Confira a lista de artilheiros brasileiros na Champions: 1º Neymar – 31 gols; 2º Kaká – 30; 3º Rivaldo – 27; 4º Jardel – 25; 5º Élber – 25; 6º Luiz Adriano – 21; 7º Ronaldinho Gaúcho – 18; 8º Juninho Pernambucano – 18; 9º Willian – 17; e 10º Hulk – 17 (ANSA).

China bloqueia trabalho com bebês geneticamente modificados

O governo da China determinou ontem (29) a suspensão dos trabalhos da equipe médica que reivindicara a criação de bebês geneticamente modificados para serem resistentes ao vírus HIV. O grupo é liderado pelo cientista He Jiankui, que já havia anunciado uma “pausa” em sua pesquisa, após as críticas que recebera.
Em entrevista ao canal estatal “CCTV”, o vice-ministro de Ciência e Tecnologia da China, Xu Nanping, disse que se opõe “com força” aos estudos que teriam produzido gêmeas com DNA alterado e definiu a pesquisa como “ilegal e inaceitável”. He diz ter criado uma técnica de engenharia genética que reescreve o DNA do embrião para permitir que ele seja resistente à Aids. Gêmeas que teriam sido submetidas a esse procedimento vieram à luz no mês passado, e uma segunda gravidez está em curso.
O anúncio do nascimento das gêmeas geneticamente modificadas suscitou protestos na comunidade científica, inclusive na própria China, onde mais de 120 pesquisadores assinaram uma carta chamando a técnica de “loucura”. A Comissão Nacional de Saúde abriu um inquérito para apurar o caso. “O experimento cruzou a linha da moralidade e da ética e é chocante e inaceitável”, disse Xu. A pesquisa de He, no entanto, ainda não foi publicada em nenhum periódico científico e não pôde ser comprovada de forma independente (ANSA).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0 Shares
Share via
Copy link
Powered by Social Snap