Aproveite para descansar e pensar nas metas para 2021

Chegou o tão esperado último mês deste ano tão desafiador, para muitos a linearidade e as metas tiveram que ser revistas, outros conseguiram no isolamento cumprir objetivos que estavam parados. E você já está pensando na sua lista para 2021? – Certamente tudo o que estava na sua lista de 2020 foi modificado ou aconteceu de uma forma diferente do que todos esperavam. Fazer listas de desejos para o próximo ano é tão comum quanto pular as 7 ondas no ano novo, nos dá aquela sensação de renovação e, a esperança de um novo início de ciclo.

Segundo uma pesquisa do aplicativo 7 waves, que ajuda pessoas a se organizarem para concluir metas, para 2021, bens e carreira figuram no top 3 das áreas que o aplicativo separou como metas. Segundo a pesquisa: 67,6% das pessoas querem comprar um carro e/ou casa, e quitar dívidas. Cerca de 59%, querem ter hábitos saudáveis como melhorar a alimentação e emagrecer. E em terceiro lugar das metas, aparece, 54,2% dos mais de 40.000 usuários, querem empreender, ser promovido e fazer concurso público.

Para Jefferson Vendrametto, diretor de relações institucionais do CEBRAC (Centro Brasileiro de Cursos) traçar os planos de uma forma realista para 2021 e saber aplicar inteligência emocional para lidar com todas as adversidades é mais que essencial para pensar no novo ano. Pensando nisso, o diretor de relações institucionais do CEBRAC, Jefferson Vendrametto elaborou 5 dicas que podem ajudar a manter o foco neste final de ano e planejar de forma mais assertiva 2021:

  1. – Faça uma reflexão – Pense nas metas para 2020 que você não cumpriu e veja se elas ainda fazem sentido. Eleja as suas prioridades e, delimite meses para cumprir. Seja realista. Se o objetivo é fazer um curso de 6 meses, estabeleça apenas duas metas para 2021. Não queira fazer tudo de uma vez!
  2. – Coloque as áreas que você sente necessidade de evolução – Liste em um papel os setores da sua vida que precisam de atenção, melhorar um trabalho, ou a relação familiar e escreva o que será preciso para alcançar o determinado objetivo.
  3. – Não esqueça que você precisa de relações sociais – Com o isolamento social a vontade de estar com outras pessoas e sair de casa é um sentimento único. Coloque em suas metas isso, aproveitar a vida seja viajando ou indo a um parque, museu, show! O importante é ter uma meta também para momentos de lazer.
  4. – Crie um plano B – Deixe em stand-bye planos que talvez possa acontecer ou caminhos alternativos. Tudo pode se alterar, o importante é ter resiliência e entender os processos que estamos vivendo. Lembre-se de anotar em um papel e sempre visitá-lo quando se sentir perdido, porque planos não são engessados.
  5. – Mude a perspectiva – Busque sempre a evolução, um novo emprego, uma nova área, empreender em algo. Busque um foco e junto com os itens acima, mude sua vida aos poucos, passo a passo. Talvez não seja uma mudança radical o necessário, mas um curso de atualização ou reciclagem para que você sempre esteja compatível no mercado e não perca as oportunidades. – Fonte e mais informações: (www.cebrac.com.br).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0 Shares
Share via
Copy link
Powered by Social Snap