Temer diz que reconhecer crise ajuda a superá-la

Michel Temer, voltou a defender ontem (6) que é preciso continuar o diálogo com o Congresso, cuja pauta de votações inclui medidas que aumentam os gastos públicos.

“Nós vamos continuar dialogando, não vamos nos impressionar com o dia de ontem e com o dia de hoje. Agora, o alerta era indispensável. Se nós começarmos a dizer que não há crise de maneira nenhuma, não ajudamos a superá-la. E a crise econômica muitas vezes ocorre e é logo superada. Uma eventual crise política no Congresso é imediatamente superada ou será superada ao longo do tempo”, disse, em entrevista, após palestra no Centro Universitário de Brasília sobre governabilidade e governança.
Sobre a popularidade da presidenta Dilma Rousseff, Temer afirmou que essas avaliações são “cíclicas”. “Essas pesquisas, muitas vezes, são negativas para logo depois se tornarem positivas. Aliás, a presidenta Dilma tem feito um trabalho excepcional para manter a tranquilidade institucional no nosso país. Essa pesquisa se reverterá, a presidenta Dilma terá um apoio extraordinário da população brasileira”, disse (ABr).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

0 Shares
Share via
Copy link
Powered by Social Snap