Para presidente do Senado, sistema político envelheceu

O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), afirmou ontem (18) que pretende levar à votação no dia 9 de novembro a primeira parte de uma reforma política, incluindo mudanças nas coligações partidárias e a criação de cláusulas de barreira para restringir o acesso das legendas a assentos no parlamento.

“Conversei com o presidente da Câmara para que logo depois do segundo turno nós possamos avançar na reforma política”.
“Esse sistema político envelheceu, precisa ser substituído”, disse após confirmar a data em que pretende levar o assunto a plenário. Da mesma forma, ele defendeu a aprovação do projeto que trata do abuso de autoridade. Segundo o parlamentar, tal proposta deve ser conjugada com a reforma política e com novas regras de combate à corrupção.
Renan defendeu que na mesma data sejam votadas outras propostas que ajudem a disciplinar a atividade política. O senador disse também ter pedido ao presidente da Câmara, deputado Rodrigo Maia, que coloque em discussão a modificação do voto proporcional para a eleição de deputados federais. “Esse sistema está carcomido”, afirmou Renan (ABr).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0 Shares
Share via
Copy link
Powered by Social Snap