Número de mulheres formadas em tecnologia no país cresce 50%

Apesar do mercado de tecnologia ser um universo ainda majoritariamente masculino no Brasil, é cada vez maior o número de mulheres atuando no segmento. Levantamento realizado pela Gama Academy, escola que capacita estudantes e profissionais para o mercado digital, aponta que houve um aumento de 50% no número de profissionais capacitadas em áreas de tecnologia em 2019, no comparativo com 2018.

Segundo a pesquisa, as áreas de Desenvolvimento Front-End, UX/UI Design e Growth Hacking foram as que mais tiveram adesão de mulheres ao longo do ano passado. O levantamento tomou como base o número de participantes no Gama Experience, curso de imersão com formato semipresencial da escola que forma profissionais para as áreas de Programação, Design, Marketing e Vendas em até cinco semanas.

Para 2020, o aumento da adesão feminina tende a crescer ainda mais. Nos primeiros programas realizados neste ano para a área de Desenvolvimento, por exemplo, a escola formou 30 mulheres contra 19 no mesmo período em 2019 — um aumento de 57%.

Esse crescente interesse tem relação direta com o incentivo feito por diversas empresas do segmento para aumentar o número de mulheres em seu quadro de colaboradores. A Avanade, líder em soluções em tecnologia de negócios e serviços gerenciados com percepções inovadoras, com especialização nas tecnologias Microsoft, é um exemplo.

Em fevereiro, a companhia contratou, de uma só vez, 30 desenvolvedoras formadas pelo Avanade Academy 7, programa de estudos desenvolvido em parceria com a Gama. Além de atrair, selecionar e treinar profissionais para a área de desenvolvimento, a iniciativa teve como objetivo alavancar a carreira profissional das alunas e aumentar o número de mulheres líderes na companhia.

O Avanade Academy 7 é exemplo de um serviço corporativo customizado desenvolvido pela Gama. Direcionada para empresas que estão recrutando novos colaboradores, a modalidade seleciona e indica os alunos da Gama Academy que mais apresentam afinidade com as vagas e com os propósitos que as companhias buscam. Mais de 500 startups já fizeram uso da Gama Academy com este objetivo, entre elas iFood, QuintoAndar, Omie, Loggi e outras.

A Gama Academy foi selecionada pela Singularity University como uma das 10 melhores startups de educação e hoje é uma das empresas do Grupo IMasters, que congrega uma comunidade formada por mais de 450 mil desenvolvedores e profissionais de web. E em 2019, foi vencedora do prêmio da Associação Brasileira de Startups como melhor startup de educação do país.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0 Shares
Share via
Copy link
Powered by Social Snap