Maia apoia projeto que impede prescrição após segunda instância

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, considerou “uma boa ideia” a proposta legislativa enviada ao Congresso pelo presidente do STF, Dias Toffoli, que interrompe o prazo de prescrição depois de sentença em segunda instância – e enquanto estiver pendente de decisão recursos no STJ ou no STF. A proposta objetiva evitar que crimes prescrevam enquanto o réu ainda tem possibilidades de recorrer das sentenças.

Maia disse que existem projetos de teor parecido em tramitação na Câmara. “É uma boa proposta, porque dá clareza que a intenção do legislador e do Supremo não é colaborar com a postergação de um julgamento contra A, B ou C. É apenas garantir o respeito à Constituição. E acho que esse projeto vai nessa linha”, disse.

Para ele, a sugestão pode ajudar a acabar com preocupação relativa à prescrição causada por recursos apenas protelatórios, independente do resultado do julgamento da prisão após a segunda instância pelo Supremo. Maia disse ainda esperar que a reação do governo brasileiro à eleição do oposicionista Alberto Fernández na Argentina não atrapalhe a relação entre os dois países.

E que é preciso respeitar o resultado das eleições argentinas. “Eu já mandei a minha carta parabenizando o novo presidente. Nós precisamos aceitar as eleições democráticas. Infelizmente, o político no campo centro-direita foi derrotado. Mas a sociedade decidiu assim e nós temos que aceitar o resultado da eleição”, disse (Ag.Câmara).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0 Shares
Share via
Copy link
Powered by Social Snap