Investimentos em novas tecnologias: apostas para ficar de olho

Deixar o dinheiro parado na poupança já não é considerado um bom investimento há muito tempo, e aplicações no Tesouro, compra de ações na Bolsa de Valores e outras opções são mais seguras, mas pouco ousadas. Mas para aqueles que desejam investir em modalidades de maior risco – mas com mais chances de retorno também – o mercado está repleto de variedades para investimento.

“Hoje é possível investir nos mais diversos segmentos e modalidades, que atendem desde o investidor mais liberal até os mais conservadores. Para quem tem perfil de investimento de alto risco, o mercado de startups é uma excelente oportunidade, mas é um mercado que exige pelo menos um conhecimento básico sobre o setor.
Por isso, antes de começar é importante conversar com profissionais da área, buscar por uma uma rede de investidores e definir sua e que tipo de investidor você é” aconselha Amure Pinho, fundador da plataforma de investimentos anjo Investidores.vc e empreendedor há mais de 20 anos.

Com o avanço da tecnologia, o mercado de investimentos abriu um leque de oportunidades antes inimagináveis de se investir. Há 20 anos atrás, por exemplo, era inimaginável investir em uma obra de arte virtual, hoje já é possível ganhar muito dinheiro dessa forma. Por isso, é importante sempre estar atento aos novos segmentos de investimento e a melhor forma de aproveitá-las.

Pensando nisso, Amure separou alguns segmentos e novas tecnologias com potencial atualmente e nos próximos anos, para ficar de olho. Confira:

NFTs – Foi escolhida a palavra de 2021 pelo dicionário britânico Collins, um dos mais utilizados do mundo: NFTs – Token Não Fungível em tradução para o português. Diferentemente das criptomoedas, são uma unidade de dados que não pode ser replicada e que incorpora um determinado tipo de conteúdo, ou seja, NFTs podem ser qualquer produto em formato digital, como um quadro artístico, um vídeo, música, móveis, roupas, entre outros.

Os NFTs estão sendo bastante utilizados na compra de obras de arte e principalmente em plataformas digitais no metaverso, onde até terrenos estão sendo comercializados. Investir em NFTs pode causar receio, mas essa “moeda” pode ser a nova Bitcoin e servir como a principal fonte de trocas na internet nos próximos anos.

Criptomoedas – O investimento em criptomoedas foi desacreditado por muito tempo, e aqueles que apostaram nele desde o começo colhem os frutos até hoje. A Bitcoin é a criptomoeda mais conhecida e seu valor costuma mudar com facilidade diariamente, mas ultimamente é difícil encontrá-la por menos de R$100 mil.

Entretanto, existem outros modelos atrativos de criptomoedas para investidores no mercado, como a Riple, Ethereum e Litecon. A maior vantagem de investir em criptomoeda é a valorização que ela pode alcançar em pouco tempo: em junho de 2017, por exemplo, a Bitcoin poderia ser adquirida por cerca de R$8 mil, em novembro de 2021 ela já valia mais de R$351 mil.

Realidade Aumentada – De acordo com o levantamento da Infobase, integradora de TI brasileira, até o fim de 2022, 70% das empresas devem implementar tecnologias imersivas para o mercado consumidor e corporativo. A realidade aumentada permite ver algo totalmente virtual de forma real na sua frente e se apresenta como uma ótima solução para converter mais vendas e diminuir a taxa de devolução de pedidos.

Algumas startups brasileiras já oferecem tecnologias deste tipo, como a More Than Real, referência global no desenvolvimento de soluções de realidade aumentada e visão computacional.

Jogos – Jogar deixou de ser apenas uma distração e passou a ser uma grande indústria com bilhões de dólares investidos. Apenas no primeiro trimestre de 2022 os investimentos de jogos em Blockchain (tecnologia que permite transações digitais) ultrapassaram a casa dos US$ 2,5 bilhões de dólares, segundo o relatório da DappRadar, plataforma que rastreia e analisa portfólios para os mercados de aplicativos descentralizados, em parceria com a Blockchain Gaming Alliance (BGA).

O mercado está tão aquecido que hoje existem diversas empresas que contratam jogadores, pagam salários e até fornecem moradia para que eles passem o dia apenas jogando. – Fonte e mais informações: (https://investidores.vc/).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

0 Shares
Share via
Copy link
Powered by Social Snap