Epidemia de coronavírus acelera e soma mais de 100 vítimas

A epidemia do novo coronavírus (2019-nCoV) já contaminou mais de 4,5 mil pessoas e matou 106, de acordo com balanço divulgado ontem (28) pelas autoridades da China. Em apenas 24 horas, o país asiático contabilizou 1,3 mil novos casos de contágio. O foco da epidemia é Wuhan, cidade de 11 milhões de habitantes e capital da província de Hubei, no centro da China. A metrópole soma mais de 2,7 mil pessoas contaminadas.

O novo coronavírus também já chegou em países como Tailândia (oito casos), Austrália (cinco), Singapura (cinco), Estados Unidos (cinco), Japão (quatro), Coreia do Sul (quatro) e França (três). A Alemanha confirmou seu primeiro caso ontem, um empresário contaminado por uma convidada chinesa de sua companhia. As autoridades da China adiaram indefinidamente o início do segundo semestre letivo em escolas e universidades e recomendaram que os cidadãos evitem viagens ao exterior.

Hong Kong, por sua vez, bloqueou trens e balsas para a China continental. Já a Itália estuda realizar voos para evacuar seus cidadãos que estão nas cidades chinesas isoladas por causa da epidemia.
“Estamos em contato permanente com nossos concidadãos, que são cerca de 70 e têm boas condições de saúde”, disse o chefe da unidade de crise do Ministério das Relações Exteriores do país europeu, Stefano Verrecchia.

O 2019-nCoV é similar ao coronavírus da Síndrome Respiratória Aguda Grave (Sars), que matou quase 800 pessoas no início do milênio, e causa febre, tosse e dificuldade respiratória (ANSA).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0 Shares
Share via
Copy link
Powered by Social Snap