Como anda o seu comprometimento

Claudio Zanutim (*)

Faz tempo que sabemos o quanto o comprometimento nas relações profissionais, interpessoais e no trabalho é a chave que abre portas para o bom desenvolvimento da empresa, das metas e dos resultados, certo?

O comprometimento é o que difere o profissional no âmbito do desenvolvimento e alcance do sucesso, pois, no concorrido mercado de trabalho atual, as organizações estão cada vez mais exigentes e seletivas, principalmente agora que o trabalho está aderindo o formato remoto, ou “figital”, e pede muito mais comprometimento por parte das pessoas e dos times, do que antes.

Bem mais além de procurarem profissionais com conhecimento, habilidade e experiência, elas buscam pessoas comprometidas com o trabalho que desenvolvem. Por isso, garantir que você tenha esse atributo é o caminho para uma carreira de êxito.

O objetivo principal de encontrar profissionais com este perfil é o de conseguir montar equipes eficientes e proativas, que se comprometam com a política, metas, objetivos e resultados da corporação, mas que principalmente saibam se auto gerenciar, sempre precisar serem cobradas para entregar o combinado.

Por exemplo, já aconteceu de você ingressar em uma nova vaga de emprego e ter a impressão de estar sendo observado? Na verdade, você está! Isto porque, durante a entrevista de seleção, normalmente todo candidato demonstra interesse acima da média pela vaga em questão, mas na hora do “vamos ver”, na hora de entregar o que se comprometeu, não cumpre.

Somente após o início do trabalho é que a sua liderança poderá observar o seu desempenho, o seu comportamento e ter condições de avaliar se você é ou não comprometido com o seu trabalho como demonstrou na entrevista. Portanto, antes de tudo, o ideal é fazer uma autorreflexão sobre sua vida profissional e o que pretende, perguntando-se:

·      Vou atuar naquilo que verdadeiramente gosto?

·      Tenho afinidade com a empresa e as pessoas em que vou trabalhar?

·      Estou em condições de me superar diariamente?

·      Vou cumprir o que disse?

·      Esta vaga não é meu perfil, mas vou aceitar pela grana?

·      Sou proativo?

Responder positivamente a essas questões, não significa somente que você está no caminho profissionalmente ideal, mas que você não está desperdiçando “tempo de vida” em funções que não são compatíveis com o seu perfil. Cargos que pouco a pouco vão roubar a sua felicidade, pois, atuar em uma área que não condiz com a sua paixão, talento e perfil, leva a desmotivação profissional.

Raramente profissionais que são infelizes em seus trabalhos conseguem manter suas vidas pessoais em equilíbrio e harmonia. Logo, as demais áreas também serão impactadas negativamente. Por fim, porque você estará ocupando o cargo de outra pessoa que poderia estar se sentindo realizada.

O comprometimento tem tudo a ver com “encontrar o seu lugar ao sol”.

Avaliação de responsabilidades

Sejamos sinceros conosco mesmos, e também com os outros. Inicie analisando quais são as suas responsabilidades no seu trabalho. Avalie quais tarefas são mais frequentes em sua rotina: quais tipos de demandas surgem em maior quantidade, quais tarefas exigem atenção ou resolução prioritária.

Você está preparado para se comprometer com todas essas questões? Autoconhecimento é tudo nesta hora.

 Como ter mais comprometimento?

Especifique as suas responsabilidades. Veja como as suas atividades podem ser executadas de forma eficiente, ágil e competente. Que tal montar um plano próprio de ação?

Una-se a pessoas que possam colaborar para a dinamização dos trabalhos e a antecipação de eventuais problemas. Se comprometer com um serviço é também se precaver de possíveis impedimentos e superá-las.

Comprometimento é potencializar o seu tempo. Uma das melhores amigas do comprometimento é a otimização do tempo. Quando se cumpre fielmente uma agenda, certamente o tempo correrá a seu favor, criando possibilidade para gerar novas ações, exercitar a criatividade e fluir melhor sua dinâmica. Para isso, sempre que possível, adiante as tarefas menos urgentes que, se deixadas para trás, poderão se tornar um problema no futuro. Ex: se no período da manhã o seu dia geralmente é mais agitado, reserve para este horário as tarefas menos urgentes e que exigem menor concentração, deixando para o período da tarde as atividades mais complexas. Além disso, seja criterioso quanto a importância. Cuidado com tarefas que servem somente para “roubar” o seu tempo produtivo. Reflita: será mesmo que é necessário abrir todos os e-mails, incluindo as tais “correntes de orações” e piadas no horário do trabalho? Será que ficar respondendo mensagens pelos aplicativos é importante neste período. Será que você deve ficar tanto tempo on-line?

Planejamento. Se você se considera um profissional que vive “apagando incêndios”, acredite: alguma coisa em sua rotina está bem errada. Se você mantém um planejamento bem definido, não surgirão incêndios frequentes, pois tudo será realizado de maneira organizada e realista. Um bom planejamento é passo número 1 para se antecipar aos problemas, evitando até mesmo que eles surjam e desordene sua rotina.

Para fechar , costumo fazer a seguinte comparação em meus treinamentos:

Eu nasci e vivo em São Paulo, capital, aqui tem um prato gastronômico famoso que chama, virado à paulista, tem alguns vários ingredientes e um deles é o ovo. Neste prato, a galinha só está envolvida , botou o ovo e nem sabe de mais nada.

Tem um outro, que aqui, é servido as quartas -feiras e aos sábados , que se chama feijoada. Neste prato, o porco está comprometido, deu todas apartes!

E aí, o que achou? Antes de se comprometer de fato, é importante se avaliar, se questionar e analisar a situação. Para somente, observar se dará ou não conta das demandas.

(*) É Membro dos Empreendedores Compulsivos,  Palestrante e Trainner Internacional. Mais 150 mil pessoas treinadas. Auxilia empresas e pessoas na maximização da performance em vendas e no atingimento de objetivos e metas. Autor de 7 livros, 3 e-books e dez artigos acadêmicos, é reconhecido nos meios empresarial, acadêmico e popular, principalmente com o Best Seller: Como Construir Objetivos e Metas Atingíveis.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0 Shares
Share via
Copy link
Powered by Social Snap