Vendas: a locomotiva que puxa a organização

Filipe Colombo (*)

Se olharmos a economia, o papel do vendedor é uma das atividades mais importantes do mercado. Uma empresa sem vendas quebra!

Imagine uma empresa que tem um parque fabril de alta tecnologia, produtos de alto desempenho, uma marca em que os clientes confiam, comunicação visual bem-feita e… não tem vendedor. É claro que está fadada ao fracasso. Para mim, o espírito vendedor está dentro de todas as pessoas. Veja bem, em nossa vida, negociamos praticamente o tempo todo.

Negociamos com nossos pais, irmãos, filhos, empregados, amigos, cônjuges, clientes e fornecedores. Mesmo assim, por muito tempo, a sociedade considerou a profissão de vendedor como algo provisório, enquanto não se encontrava um emprego melhor. Consequência disso é que esse profissional ainda é visto, por muitas pessoas, como o chato, o manipulador, aquele que só quer “empurrar” um produto a você. Mas essa visão vem mudando, pelo menos dentro das empresas.

Hoje, não se admite mais o antigo “tirador de pedido”. O vendedor atual é o profissional que faz relacionamento, cria oportunidades de negócio e é capacitado para oferecer as melhores soluções para as dores do cliente. Ele sabe que as pessoas não querem apenas comprar produtos, mas soluções para realizar algum desejo. Resolver algum problema, alguma dor (como é comum falar hoje no mercado) ou suprir uma necessidade.

Diante disso, um empresário precisa construir uma equipe comercial forte para que ela seja a locomotiva que puxa toda a organização. O vendedor é um representante da empresa, um ponto de contato, comunicação e fortalecimento. É na hora da venda que o cliente cria vínculos com a marca e decide se permanece fiel ou não. Além disso, a área de vendas é a porta de entrada de receita. Investir mais em seleção, capacitação, motivação e desenvolvimento de equipe é fundamental.

A presença do vendedor é essencial para qualquer negócio. Esse personagem tem um enorme poder de persuasão guardado dentro de si que precisa ser treinado e exercido para que possa ser aprimorado no dia a dia; afinal, não existe excelência sem treinamento. Na Anjo Tintas, a equipe tem a oportunidade de aprender o tempo todo. Realizamos treinamentos on-line, presenciais e ainda uma convenção de vendas, em que a equipe se reúne por quatro dias e passa por uma espécie de curso intensivo de capacitação e relacionamentos.

Não enxergamos outra maneira para ter colaboradores engajados com nossos produtos e nossos valores se não os treinarmos. Por isso, dou uma dica a você, vendedor: busque aperfeiçoamento todos os dias e tenha foco. Estabeleça objetivos claros e trabalhe com grande intensidade. Tenha atitude! Como diz um amigo meu, foco no foco! Ter foco o conduz a grandes resultados. Concentre-se no resultado, pois no fim do dia, sem isso, a empresa morre.

Pense como um atleta de alto desempenho. Ele se prepara de forma intensa durante quatro anos para chegar às Olimpíadas. Mas, antes de chegar lá, treina exaustivamente todos os dias, abre mão da vida social, de tomar uma cervejinha com os amigos no fim de semana ou de fazer um happy hour. Participa de muitas competições (ganha algumas e perde outras, mas segue adiante), tudo isso para conseguir tempo e índice classificatório e ter a oportunidade de conquistar o tão sonhado ouro em sua categoria.

Porém, somente alguns conseguem; outros, não. Por quê? Eu respondo: dedicação em atingir o foco! A obstinação em atingir um objetivo, ligado à disciplina de treinar diariamente mirando o foco, é o que faz com que você consiga alcançar resultados acima da média. Não busque ser o melhor hoje, mas, sim, dar seu melhor e evoluir um pouco todos os dias. Como diz o escritor Joel Jota, o sucesso é treinável.
Quanto mais você treina, capacita-se e se dedica, mais aprende a construir seu sucesso.

Concordo com o lendário samurai Miyamoto Musashi, autor do fabuloso ‘O livro dos cinco anéis’ – que, apesar de tratar de artes marciais, virou referência na área de negócios e marketing -, quando diz: “Entre a força e a técnica, vence a técnica. Se a força e a técnica forem iguais, vence o espírito”.

(*) – Formado em Administração com ênfase em Marketing e com MBA cursado nos EUA, China e Dubai, é CEO da Anjo Tintas, indústria de tintas com mais de 30 anos no mercado, e autor do livro ‘Gestão Profissional na Prática’.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

0 Shares
Share via
Copy link
Powered by Social Snap