Asas para os profissionais de marketing

Kishnan Nedungadi (*)

Todos os dias, as equipes de marketing são pressionadas a apresentar novas ideias para atingir os objetivos de negócio de determinada empresa.

Os esforços são variados: novas campanhas, landing pages inovadoras, novas áreas no canal digital, reestruturação de menus e layouts dos canais já existentes.E no final do dia, os times sabem que o timing é crítico para o sucesso. Muitas vezes, não há tempo para esperar a área de TI fazer as mudanças necessárias e esperar o deploy no final da semana.

Sendo assim, cada vez mais os times de marketing precisam adotar tecnologias que permitam velocidade nas transformações exigidas pelo mercado atualmente — soluções que ajam tempo real, sem a necessidade da TI. Uma pesquisa realizada pela Adobe Experience Cloud, chamada Digital Trends Report 2022, posicionou a agilidade, a confiança e a personalização como fundamentais para o Marketing este ano.

A pesquisa, realizada junto com a eConsultancy, entrevistou cerca de 10 mil profissionais, consultores e líderes de marketing e TI, para entender onde eles concentrarão esforços para se manterem competitivos em 2022. Dos executivos entrevistados, 87% acreditam que as expectativas dos clientes foram refeitas digitalmente e que o sucesso da empresa é definido pela capacidade de resposta às mudanças.

Isso pode ser comprovado pela nova forma de fazer negócios: 75% das empresas relatam um aumento no uso de canais digitais por clientes. Isso reforça ainda mais a necessidade de contar com tecnologias implementadas na área de marketing digital — um setor ocupado por pessoas de perfil criativo, autêntico e sempre disposto a gerar insights voltados para a transformação.

Por natureza, são mentes capazes de criar soluções originais, abertas à inovação e a novas possibilidades. Por isso, precisam de asas para voar e dar forma à imaginação orientada ao negócio. Selecionar a tecnologia para atender a necessidade deste setor é uma das etapas mais difíceis.

Em minha opinião, é importante a liberdade que os times têm para fazer as mudanças necessárias e agilidade que está sendo oferecida para atender o tempo necessário para evoluções. Além disso, é preciso considerar a flexibilidade da plataforma; ela necessita garantir que a criatividade dos profissionais seja preservada, acima de tudo. Outro ponto importante está relacionado à robustez da plataforma. Ela precisa dar suporte às mudanças realizadas pelo marketing, e não dificultá-las.

Fundamental também é ter segurança para garantir que a solução não vai ser invadida, ao mesmo tempo em que mantém uma boa performance. De acordo com o mesmo estudo mencionado acima, Os entrevistados classificaram a falta de integração entre sistemas de tecnologia, problemas de fluxo de trabalho e falta de habilidades digitais como as principais barreiras internas para oferecer excelentes experiências ao cliente.

Cerca de 59% dos líderes digitais estão investindo em talentos e treinamento para tornar suas equipes mais produtivas. Outro dado interessante é que mais de 50% dos executivos aumentaram seus investimentos em plataformas que capacitam as equipes para atender clientes no complexo ambiente omnichannel de hoje.

As tecnologias voltadas para a criação de melhores experiências para os usuários estão entre suas principais prioridades de gastos para 2022. Muitas das ideias apresentadas pelos times de marketing digital podem chegar a resultados excelentes, outras nem tanto. Mas o fato é que é fundamental experimentar constantemente para conseguir fazer das hipóteses nos canais digitais verdadeiros casos de sucesso.

Só que a decisão de fazer algo que seja realmente positivo para o cliente depende de escolhas assertivas que só podem ser baseadas em dados e tecnologia. Sem eles, tudo fica mais difícil.

(*) – É CEO da Lumis (https://www.lumis.com.br/).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

0 Shares
Share via
Copy link
Powered by Social Snap