Contato: (11) 3043-4171

Samba

Nega Duda

Ducineia Cardoso, a Nega Duda, é referência do samba de roda baiano

Vinda de São Francisco do Conde, na região do Recôncavo baiano, deu ao mundo a voz e a força dessa tradição ancestral tão brasileira. Moradora da Cidade Tiradentes, bairro da periferia na zona leste de São Paulo, ela integrou a comitiva brasileira no 17º Festival de Montpellier-Printemps des Comédiens (França). Atualmente trabalha na divulgação e difusão da cultura do Recôncavo, tanto na música quanto na culinária.

Serviço: Campo Limpo, R. Nossa Senhora do Bom Conselho, 120, tel. 5510-2700. Domingo (02/08) às 18h30. Entrada franca.

 

REFLEXÃO

ABENÇOADO FESTIM
No Evangelho Segundo o Espiritismo, Allan Kardec comenta, com muita propriedade, no item 8 do capítulo XIII, que por festins devemos entender a participação dos nossos irmãos do caminho na abundância do que já desfrutamos. Reparemos. Muito amiúde interpretamos como caridade apenas o ato exterior da distribuição de recursos e mantimentos, agasalhos e roupas, cestas de alimentação ou lanches fraternos. Sem dúvida que toda ação no bem do semelhante, por mais singela que seja, será benção de luz em nossos caminhos. Entretanto, analisando a parábola do festim, que nos foi proposta pelo Divino Mestre, forçoso reconhecermos o grande alcance da interpretação kardequiana. O Divino Festim que o Cristo nos inspira aos corações é a repartição da abundância que nos favorece a existência. Assim sendo, vejamos: Que é feito de abundância das horas disponíveis em nossa vida diária, após as obrigações inadiáveis que atendemos no trabalho ou em casa? O que fazemos com a alegria da saúde física, que nos envolve a benção da vida na terra, diante dos doentes que nos acompanham de longe? O que estamos realizando com os recursos da inteligência que nos sobra das aquisições intelectuais perante a multidão de ignorantes e iletrados que nos rodeia? O que fazemos com o excesso de parcelas relativas de poder dentro da organização social a que pertencemos, defronte da grande maioria de marginalizados da vida cidadã? Que temos feito com os excessos de títulos acadêmicos ou de leituras brilhantes que descortinamos despreocupadamente ante a necessidade crescente de acesso à cultura pelas massas anônimas? Como temos agido com as sobras de entendimento e compreensão, paciência e calma que porventura já possuímos no imo d'alma, perante aqueles outros irmãos desesperados e insanos em franco processo de agitação irrefletida? Qual o destino que damos à benção das alegrias que nos exornam a vida perante aqueles outros companheiros de jornada desorientados e tristes? Não julguemos assim que a caridade se restrinja à distribuição de bênçãos ou recursos de ordem meramente material. Nenhum de nós é tão pobre de recursos da alma, na abundância de nossas aquisições íntimas, que não possa partilhá-las em Divino Festim com os irmãos mais próximos de nosso roteiro terrestre. Partilhar pois é o verbo da vida superior convidando-nos a conjugá-lo, o quanto antes, no convite à solidariedade cristã junto aos semelhantes. Façamos isto e viveremos!
Irmão Victor Francisco de Paula Victor.

Blues

Slam Blues com Roberta Estrela D’Alva.

A atriz-MC Roberta Estrela D’Alva apresenta seu show Slam Blues. No show, Roberta Estrela D’Alva une elementos do spoken-word aos arranjos de clássicos do blues, acompanhada dos músicos Daniel Oliva e Cassio Martins. A apresentação traz um repertório autoral que integra a mistura de ritmos da diáspora negra – como blues, jazz e hip hop – ao universo do spoken word (misto de arte literária e performance artística em que poemas ou outros tipos de texto são falados).

Serviço: Teatro Arena (Eugênio Kusnet), R. Teodoro Baima, 94, tel. 3256-9463. Quinta (23) às 21h. Ingressos: R$ 20 e R$ 10 (meia).

“A Idade da Ameixa”

A peça A Idade da Ameixa utiliza o universo feminino para abordar questões como a nostalgia de ter esperado tempo demais para realizar seus sonhos e, de repente, perceber que já é tarde: os amores, de forma tradicional ou não, os costumes, os afetos vividos e a repetição mecânica da vida de gerações, uma após a outra.

Serviço: Espaço Parlapatões, Praça Franklin Roosevelt, 158, Centro, tel. 3258-4449. Quintas às 21h. Ingresso: R$ 40. Até 06/08.

“Traços do Brasil, Uma jornada fotográfica”

A mostra “Traços do Brasil, Uma jornada fotográfica” traz imagens exuberantes dos quatros cantos do país. Por doze meses, os fotógrafos Grace Downey e Robert Ager viveram uma aventura a bordo de um 4x4 percorrendo, de norte a sul, cada canto deste país imenso. Ao longo da viagem, o casal registrou lugares incríveis, indo além dos pontos mais comuns e conhecidos, registrando a vida conforme a vivenciaram. Agora, a dupla compartilha arte desta experiência.

Serviço: Shopping Ibirapuera, Av. Ibirapuera, 3.103, Moema, tel. 5095-2300. De segunda a domingo das10h às 22h. Entrada franca. Até 02/08.


“Amor Sob Suspeita”

Elenco da peça.

A trama Amor Sob Suspeita apresenta um suspense com humor ácido que descreve a crise de um relacionamento por meio de cenas que se alternam entre fantasia e realidade, tendo como pano de fundo os ensaios de uma peça marcada pela infidelidade conjugal. A cada momento a questão do olhar humano sobre os acontecimentos e a atitude do outro vem à tona. Quem assiste à Amor Sob Suspeita não consegue saber em quem deve acreditar e isso prende a atenção do espectador. Com Diego Werner, Isabella Lemos, Paulo Gabriel, Alexandre Menezes e Renata de Paula.

Serviço: MuBE Nova Cultural, R. Alemanha, 221, Pinheiros, tel. 4301-7521. Sábados às 18h e domingos às 21h. Ingresso: R$ 50. Até 27/08.

Cotidiano

Além da tradicional apresentação de stand up comedy, os humoristas Eduardo Jericó e Pierre Rosa saúdam o publico com intervenções de improviso, mágica, palhaçaria e muito mais. O espetáculo Louco é Pouco!, que foi criado em 2008 no Rio de Janeiro, tem duração de aproximadamente 65 minutos e nesse período os humoristas conduzem o público a rir das situações mais simples e inusitadas do nosso cotidiano. Com Eduardo Jericó e Pierre Rosa.

Serviço: Teatro Eva Wilma, R. Antônio de Lucena, 146, Tatuapé, tel. 2090-1650. Sábado (15/08) às 21h. Ingresso: R$ 50.

Cartomante

De acordo com um telegrama enviado para uma amiga em 1895, apenas há uma semana de começar o julgamento que custaria a sua reputação, sua liberdade, sua família e em seguida sua vida, Oscar Wilde foi fazer uma consulta a uma famosa cartomante chamada Mrs. Robinson na comédia dramática In Extremis, Neil Bartlet . Com Daniel Infantini e Flavio Tolezani.

Serviço: VIGA Espaço Cênico, R. Capote Valente, 1323, Pinheiros, tel. 3801-1843. Sextas às 21h30; sábados às 21h; domingos às 19h. Ingressos: R$ 30 e R$ 40. Até 30/08.


 

Rua Vergueiro, 2949, 12º andar – cjto 121/122
04101-300 – Vila Mariana – São Paulo - SP

Contato: (11) 3043-4171