Duas dicas para criar uma senha forte e proteger seus dados

Mathew Newfield (*)

Com a migração do trabalho para o ambiente online, a quantidade de informações disponíveis e vulneráveis a ataques atrai cada vez mais cibercriminosos. Nesse cenário, a manutenção da privacidade de dados depende diretamente das medidas de segurança da informação utilizadas. E a primeira delas, e não menos importante, é criar uma senha segura. O cuidado ao criar senhas deve ser parte da rotina de todos, mas principalmente dentro de ambientes corporativos.

Um vazamento de dados pode prejudicar financeiramente e afetar a reputação de uma empresa. De acordo com um estudo realizado pela ESET, apesar do baixíssimo nível de segurança, cerca de 23,2 milhões de contas vazadas em todo o mundo usavam 123456 como senha. Códigos como esse normalmente são utilizados pela facilidade de lembrá-los. Porém, são totalmente previsíveis, tanto para cibercriminosos quanto para outras pessoas que buscam acessar informações indevidamente.

Tendo isso em vista, vale seguir duas dicas simples para criar uma senha mais segura e forte, garantindo maior proteção aos dados.

. Dica nº 1 – Crie uma frase-passe pessoal para usar em vez de uma única palavra. Ou seja, crie uma declaração curta que tenha significado para você, mas que não tenha mais do que três ou quatro palavras. Um exemplo disso seria: “Eu adoro bolo”. Esta será a sua frase-passe que não deve ser compartilhada com ninguém.

. Dica nº 2 – Crie uma chave para a senha. Esse será o seu decodificador! A chave pode ser impressa e armazenada em sua carteira ou bolsa. Sem a sua frase-passe privada, ela é inútil.

Aqui está um exemplo de chave para a senha:

• Use a primeira e a última letra de cada palavra em sua frase-passe, misturando maiúsculas e minúsculas.
• A letra “A” pode ser substituída pelo símbolo “@”.
• A letra “E” pode ser substituída pelo número 3.
• Adicione uma designação de duas letras (maiúsculas) para representar o site que você está autenticando.
• Adicione uma designação de duas letras (minúsculas) para a estação atual do ano.
• Adicione os dois últimos dígitos do ano atual.

Com sua chave para a senha, você poderá transformar sua frase-passe, como eu adoro bolo, em uma senha complexa, conforme demonstrado abaixo.

. Primeiro passo: Use as primeiras e últimas letras de cada palavra em sua senha. EUAOBO
. Segundo passo: Substituir A por @. [email protected]
. Terceiro passo: Substituir E por 3. [email protected]
. Quarto passo: Adicione 2 letras maiúsculas que representem o tipo de autenticação (por exemplo, RD = rede etc.). [email protected]
. Quinto passo: Adicione 2 letras minúsculas para a estação (por exemplo, io = inverno, pa = primavera etc.). [email protected]
. Sexto passo: Adicione os últimos 2 dígitos do ano atual. [email protected]

Por fim, é importante lembrar que alterações periódicas de senha são recomendadas. Usando o método acima, é possível, por exemplo, simplesmente mudar a estação e o ano atual para manter a complexidade da senha.

(*) – É Diretor de Infraestrutura e Segurança da Unisys (www.unisys.com.br).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0 Shares
Share via
Copy link
Powered by Social Snap